0

Compartilhe este conteúdo |


Cena do filme "Uma Família de Dois"Omar Sy apareceu para o mundo como um malandro folgado de bom coração em Intocáveis (2011). É mais ou menos o perfil de Samuel, personagem que interpreta em Uma Família de Dois, comédia dramática de Hugo Gélin, refilmagem de Não Aceitamos Devolução (2012), do mexicano Eugenio Derbez.

Samuel vive feliz em uma praia, conduzindo turistas em passeios de barco durante o dia e organizando animadas e ruidosas raves à noite, para desespero de sua patroa. Um belo dia, uma mulher de que ele mal se recorda surge com um bebê e diz “toma que a filha é tua!” Atônito e convencido de que não pode ser o pai da pequena Glória, Sam decide levá-la até a mãe em Londres. Após muitos contratempos, ele acaba se afeiçoando à menina e se torna amigo do produtor de cinema Eric (Antoine Bertrand), que vê nele potencial para ser um dublê.

Oito anos depois, Sam e Glória (Gloria Colston) vivem felizes em uma casa que parece um parque de diversões, onde não falta nada, a não ser a figura materna, Kristin (Clemence Poesy), a mãe arrependida, reaparece de repente querendo conhecer a filha. O que parecia um pequeno incômodo temporário vira drama quando Kristin decide pedir a guarda de Gloria, levando Samuel à rígida justiça britânica.

Poster do filme "Uma Família de Dois"Boa parte do êxito do filme repousa no enorme carisma de Sy, que parece muito à vontade tanto no papel de mulherengo quanto no de pai solteiro totalmente dedicado à filha. Não menos charmosa é a menina Gloria Colston, que tem uma química perfeita com seu pai-herói. E não se pode deixar de mencionar o engraçadíssimo Bertrand que faz um produtor gay solidário e seguro, que se torna um terceiro membro da Família de Dois.

No lado menos luminoso da produção, o salto de oito anos não permite explicar a total  adaptação do francês bon vivant à paisagem cinzenta e fria de Londres, seu sucesso meteórico como dublê e a ausência total de mulheres na sua vida. Ou seja, a paternidade transformou Samuel em outro homem, diametralmente oposto ao que ele era. O inesperado final melodramático também surpreende um pouco em uma comédia politicamente correta, claramente feita para divertir.  

Por Gilson Carvalho

Nota 7,5


Ficha Técnica

Uma Família de Dois (Demain Tout Commence) – 118 min.
França/– 2017
Direção: Hugo Gélin
Roteiro: Hugo Gelin, Mathieu Oullion, Jean-Andre Yerles, baseado no filme Não Aceutanios Devolução
Elenco: Omar Sy, Gloria Colston, Clemence Poesy, Antoine Bertrand, Ashley Walters, Ruben Alves, Clémentine Célarié


Estreia: 29/06

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top