0

Compartilhe este conteúdo |


Cena do filme "Um Instante de Amor"
Um estudo de personagem, mais do que um romance, é o que parece Um Instante de Amor, adaptação do premiado best-seller da italiana Milena Agus, realizada pela veterana diretora francesa Nicole Garcia e protagonizada por Marion Cotillard, em grande interpretação.

Gabrielle (Cotillard) é uma jovem romântica que anseia por amor e sexo, sendo por isso vista como uma pessoa desequilibrada pela sociedade conservadora do sul da França dos anos 1950. Além disso, ela sente misteriosas dores no ventre, atribuídas à histeria que manifesta. Após uma desastrosa investida no seu professor de literatura, é obrigada a casar-se com um desconhecido. É isso ou o manicômio, ameaça sua fria e pragmática mãe. Para alívio de todos, Gabrielle aceita desposar José (Alex Brendemühl), um pobre operário espanhol que vive na França para escapar do violento regime do ditador Franco. Deixa bem claro, porém, que não haverá nenhuma intimidade entre os dois, acordo aceito por José. Tudo parece ir bem até Gabrielle sentir novamente as dores (na verdade, pedras nos rins, daí o título original, mal de pierres) o que a leva a um grande centro médico nos Alpes suíços, onde conhece o atormentado mas charmoso tenente André Sauvage (Louis Garrel), ferido na Guerra da Indochina, por quem logo desenvolve uma paixão, inicialmente platônica mas que pouco a pouco é correspondida, o que a leva a planejar abandonar o marido e fugir com seu novo amor.

Poster do filme "Um Instante de Amor"Marion Cotillard é a protagonista absoluta do filme, estando em praticamente todas as cenas. Mesmo quando surge Louis Garrel – o outro vértice do triângulo, já anunciado previamente, é para Cotillard, que todos os olhares se voltam. No entanto, o intenso desempenho da atriz não evita certo mal-estar em relação à personagem, que mesmo após conquistar independência e autonomia, parece egocêntrica e deslocada, até mesmo em relação ao filho, por quem não demonstra nenhum afeto, apesar de ele trazer-lhe recordações do seu amado. Ao mesmo tempo, o processo de apaziguamento que Gabrielle sofre não lhe traz felicidade; ao contrário, só anula sua força vital.

A reconstituição de época, a direção de arte, a fotografia e a trilha musical são grandes trunfos do longa que ainda apresenta perto do final uma virada inesperada que, do ponto de vista narrativo, é bastante interessante.  E tem Marion Cotillard em quase todas as cenas...

Por Gilson Carvalho

Nota 8


Ficha Técnica

Um Instante de Amor (Mal de Pierres) – min.
França-2017
Direção: Nicole Garcia
Roteiro: Nicole Garcia, Jacques Fieschi e Natalie Carter, baseado em romance de Milena Agus
Elenco: Marion Cotillard, Alex Brendemühl, Louis Garrel, Brigitte Roüan

Estreia 29/06

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top