0

Compartilhe este conteúdo |


Cena do filme "O que está por vir"
O Que Está Por Vir, drama escrito e dirigido por Mia Hanson-Løve, mostra mundos em desconstrução. Mais especificamente, aqueles habitados pela professora de Filosofia Nathalie Chazeaux (mais uma brilhante interpretação de Isabelle Huppert), que em um curto período de tempo sofre diversas perdas e precisa se reinventar.
Casada há 25 anos com o professor universitário Heinz (André Marcon), mãe de dois filhos adultos, Nathalie segue uma rotina bem estabelecida, distribuindo seu tempo entre aulas, leituras, orientação de alunos. É uma mulher realizada, pode-se dizer. Mudanças externas a sua vontade, porém, a fazem reavaliar sua vida.
Em uma aula, ela pergunta se verdades podem ser questionadas, e afirma que nas ciências exatas, elas geralment são provadas de modo empírico,enquanto que nas artes, é o tempo que as consagra. E na vida pessoal?  Ao ser deixada pelo marido, que a troca por uma mulher mais jovem, ao testemunhar a deterioração mental da mãe, ao ver profissionais de marketing propondo tornar seus livros de ensaios filosóficos mais acessíveis e populares, Nathalie percebe que verdades podem ser ilusórias.
Poster do filme "O que está por vir"Ao mesmo tempo, jovens propondo a criação de um site sobre filosofia, um brilhante ex-orientando buscando uma vida alternativa nas montanhas e até a necessidade de acolher uma gata “velha, preta, chata e obesa”, herdada de sua mãe, a fazem perceber que não é possível controlar as mudanças e o melhor é tirar proveito disto.
A direção segura e a narrativa fluida garantiram a Mia Hanson-Løve o prêmio de melhor direção  no Festival de Berlim deste ano. Outro destaque é mais uma performance de Isabelle Huppert, num papel bastante distinto do apresentado em outro filme de destaque este ano, Elle, de Paul Verhoeven, mostrando mais uma vez que a atriz francesa é uma das melhores do mundo atualmente. 
Por Gilson Carvalho
Nota 8
Ficha Técnica
O Que Está Por Vir (L’avenir) – 98 min.
França/Alemanha – 2016 
Direção: Mia Hansen-Løve
Roteiro: Mia Hansen-Løve
Elenco: Isabelle Huppert, André Marcon, Roman Kolinka, Edith Scob, Sarah Le Picard, Solal Forte


Estreia 22/12

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top