0

Compartilhe este conteúdo |

“Cinema, cinema, cinema... Precisamos falar de cinema!”, rememorando a célebre frase do cineasta Glauber Rocha, entoada como um manifesto ao longo do filme, de um dos grandes expoentes do movimento cinematográfico chamado Cinema Novo, seu filho Eryk Rocha, traduz de maneira poética e precisa sua homenagem ao cinema novo, ao que se pode dizer, o acontecimento cinematográfico mais importante do país.

Ganhador do L'OEil d'Or de melhor documentário em Cannes em 2016, Cinema Novo foi indicado pelo júri como sendo ”...um filme-manifesto sobre a vigência de um movimento cinematográfico quase esquecido dos anos 1960”. E logo os primeiros planos, demonstram a temática que permeia todo o longa, uma colagem de grandes sequências dos filmes que fizeram parte desse movimento que, de maneira ruidosa, parece denotar uma ânsia visceral de se fazer um cinema imediato, no desejo de se desenhar em tela o verdadeiro Brasil.

Poster do filme "Cinema Novo"
Se como diria o sociólogo Betinho “quem tem fome tem pressa”, os cineastas que compunham o movimento possuíam essa fome de promover uma cultura, de um lado ainda escondido e ilusório do Brasil. Talvez por isso seja um tema recorrente os enormes planos onde os personagens correm em também enormes espaços, alusivo a quem corre desejando rápida mudança de paradigmas, muito bem desenhadas em forma de poesia nesse excelente documentário.

Há um notável trabalho de pesquisa e montagem, nesta obra que reúne apenas arquivos contemporâneos ao movimento, com os quase irreconhecíveis jovens realizadores emitindo seus pensamentos. Alguns trechos parecem terem sido redesenhados, quando o excelente trabalho com o som e corte do filme, dá novo significado a notórias cenas de filmes como, Os Fuzis de Ruy Guerra,  Deus e o Diabo na Terra do Sol de Glauber Rocha, Rio 40 Graus e Vidas Secas de Nelson Pereira dos Santos e outros tantos.

Por Lucas Scalioni

Nota: 9,5 



Ficha Técnica

Cinema Novo - 90 min.
Brasil - 2016
Direção: Eryk Rocha

Roteiro: Eryk Rocha
 

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top