0

Compartilhe este conteúdo |

Cena do filme "O Vale do Amor"O Vale do Amor, drama francês escrito e dirigido por Guillaume Nicloux, tem como maior atrativo seu elenco: nada menos que Gérard Depardieu e Isabelle Huppert, dois dos maiores nomes do cinema francês, que se reencontram nas telas 35 anos desse do últime filme juntos, Loulou (1980), de Maurice Pialat. Mas, para alguns, a temática mística também pode ser interessante, embora a falta de aprofundamento seja frustrante.
O filme começa com uma mulher em um motel americano, claramente se sentindo fora de seu ambiente. Comprar comida, falar ao telefone parecem ser tarefas complicadas para ela. Descobrimos, a seguir, que ela é estrangeira, mais precisamente francesa, que está aguardando alguém. Será um amante? Descobrimos que se trata do ex-marido, que vem a seu encontro no Vale da Morte, Califórnia, EUA, para cumprir o último desejo do filho de ambos, que havia se suicidado seis meses antes. Entre culpa e incredulidade, o casal se reaproxima e faz uma espécie de DR tardia. O tom às vezes é propositalmente patético, como provavelmente somos todos em momentos assim. 

"O Vale do Amor" reúne dois grande nomes do cinema francês em um drama com tons esotéricos 

Poster do filme "O Vale do Amor"Embora o foco principal esteja no personagem de Isabelle, quem se destaca é Dépardieu, que veio ao Brazil para lançar o filme. Talvez por não estarmos muito acostumados a vê-lo numa interpretação controlada, mais reflexiva em um personagem sem glamour, o que contrasta com a profissão que tem, de ator conhecido internacionalmente. Esse aspecto metalinguistico, aliás, desperta curiosidade e, por vezes, parece ser o objetivo do roteiro de Nicloux, mas as referências ao mundo do cinema, com seu falso glamour, e as críticas ao american way of life são sutis.
Além da segura interpretação dos veteranos atores, um dos maiores atrativos é a fotografia de Christophe Offenstein, premiada no Festival de Cannes 2015, que consegue captar o clima esotérico (ou metáfisico, como queiram) do inóspito porém belíssimo Parque Nacional Vale da Morte.
Por Gilson Carvalho
Nota 5,5
Ficha Técnica
O Vale do Amor (Valley of Love) – 93 min.
França/Bélgica - 2016
Diretor: Guillaume Nicloux
Roteiro: Guillaume Nicloux
Elenco: Isabelle Huppert, Gérard Depardieu, Dan Warner
Estreia 22/09  
Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top