0

Compartilhe este conteúdo |


Cena do filme "Mãe Só Há Uma"
Depois de Que Horas Ela Volta?, filme que arrebatou as plateias do Brasil e do mundo ano passado, Anna Muylaert nos apresenta Mãe Só Há Uma. Inspirado livremente no caso Pedrinho (o menino que foi roubado na maternidade em Brasília nos anos 80 e encontrado pela família biológica 16 anos depois em Goiânia), a cineasta constrói um filme intimista repleto de elipses. O espectador é quem vai preencher as lacunas. A partir da discussão de identidade pessoal, a diretora aborda também a afirmação de gênero, um tema bastante atual.

"Mãe Só Há Uma": parte de caso real para falar sobre gênero e  identidade 


Na história, Pierre (Naomi Nero) é um rapaz de 17 anos no auge da adolescência e das suas indefinições. Neste exato momento ele tem a revelação de que foi roubado na maternidade pela pessoa que ele chama de mãe. De uma hora para outra Pierre perde o contato com a "mãe" e "irmã" e passa a viver com uma nova família, que insiste em chamá-lo de Felipe, seu verdadeiro nome.

Poster do filme "Mãe Só Há Uma"A família biológica, na tentativa de acolher e recuperar o tempo perdido, ou melhor, roubado, termina por sufocá-lo. Pierre/Felipe reage contra o cuidado exagerado da mãe e o machismo do pai, que não aceita sua ambivalência sexual. Nesta nova família também há o irmão caçula, Joca (Daniel Botelho ), que está vivendo alguma das agruras da adolescência. Isso possibilita um elo entre os irmãos que acabam por se aproximar.

Anna Muylaert optou por filmar com um elenco em sua maioria desconhecido (exceção de Matheus Nachtergaele que faz o pai de Pierre/Felipe) e utilizando câmera na mão, diferente dos seus filmes anteriores onde predominava a câmera fixa. Os atores encarnam seus personagens com autenticidade e as cenas são muito bem elaboradas e dirigidas. Mérito da diretora, que domina com maestria o seu ofício. As mães são interpretadas pela mesma atriz (Dani Nefussi) numa brincadeira com o título: Mãe Só Há Uma.

Por Lena Mendes

Nota 9


Ficha Técnica

Mãe Só Há Uma - 88 min.
Brasil – 2016 Direção: Anna Muylaert Roteiro: Anna Muylaert, Marcelo Caetano
Elenco: Naomi Nero, Dani Nefussi, Matheus Nachtergaele,  Daniel Botelho, Luciana Paes, Helena Albergaria


Estreia 21/07



O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top