0




7º In-Edit - Festival Internacional do Documentário Musical  A 7ª edição do In-Edit Brasil – Festival Internacional do Documentário Musical, que acontece de 1° a 12 de julho, em São Paulo, e de 14 a 19 de julho, em Salvador vai trazer o mais novo em documentário que tem como tema a música, em diversos gêneros e sotaques. Além de filmes, haverá encontros com diretores, shows, apresentações de DJs, feira de zines e de vinis e uma sessão de Cinema da Vela no CineSesc, com debates informais entre cineastas, artistas, jornalistas, produtores e público.

O homenageado deste ano é  o diretor norte-americano Murray Lerner, que desde os anos 1960 vem registrando importantes momentos musicais e moldando a arte de filmar atuações ao vivo. O festival traz cinco importantes títulos de sua filmografia, entre eles, o vencedor do Oscar de melhor documentário em 1981, From Mao to Mozart: Isaac Stern in China.

Em São Paulo, o escolhido para abertura foi o filme Paco de Lucía: La Búsqueda, de Curro Sánchez. Inédito, o documentário dirigido e produzido pelos filhos de Paco, refaz a carreira de um dos maiores nomes da guitarra flamenca. Entre os brasileiros, o destaque é a estreia de Sem Dentes: Banguela Records e a Turma de 1995, dirigido por Ricardo Alexandre. O jornalista conta a história do selo independente criado pelos Titãs e pelo produtor Carlos Eduardo Miranda, responsável pelo lançamento de bandas como os Raimundos, Mundo Livre S/A, Little Quail & The Mad Bird, Maskavo Roots e Graforreia Xilarmônica.

Na competição nacional de longa-metragens, estão cinco produções: Eu Sou Carlos Imperial, de Renato Terra e Ricardo Kalil, que mostra a figura de um dos pioneiros do rock no país; My Name is Now, Elza Soares, de Elizabete Martins Campos, que faz um retrato da cantora; Samba e Jazz, de Jefferson Mello, traça um paralelo entre o samba do Rio de Janeiro e o jazz de Nova Orleans por meio do carnaval; Yorimatã, do diretor Rafael Saar, sobre a dupla Luli e Lucina; e Premê, Quase Lindo, de Alexandre Sorriso e Danilo Moraes, que trata sobre a banda Premeditando o Breque, ícone da vanguarda musical paulistana.

Na mostra Panorama Brasil, Brasil.doc e Curtas, serão exibidos 19 documentários, entre eles Os Guardiões do SambaSamba LumièreSete Corações, Sintonizah, Reverberações – Itamar Assumpção Racionais MC's – 25 Anos no Movimento.

Entre os documentários internacionais, o destaque é do inédito Mr. Dynamite: The Rise of James Brown, de Alex Gibney, produzido por Mick Jagger, que conta o início da carreira de Brown até seu envolvimento com a luta pelos direitos civis nos Estados Unidos.

Além da exibição de filmes, haverá shows da Banda Autorama (4 de julho, no Olido), de Tony Bevan e Mauricio Takara (7 de julho, na Matilha Cultural) O Terno (9 de julho, também na Matilha) e Premeditando o Breque (10 de julho, no Centro Cultural São Paulo-CCSP). Outras atividades  programadas são  feira de zine e de discos e sessões ao ar livre na Cinemateca.

O evento também realiza bate-papos com os diretores Elizabete Martins Campos, Rafael Saar, Jeferson Mello, Ruth Slinger, Alexandre Sorriso e Danilo Moraes. One9, que dirigiu Nas, Time is Illmatic, conversa sobre música e cultura hip hop com Rodrigo Brandão, da banda Mamelo Sound System, no dia 5 de julho, às 18h30, na Matilha Cultural.

Programação completa: www.in-edit-brasil.com


O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top