0

Compartilhe este conteúdo |


O mundo passa por uma grave crise financeira, e nem mesmo a bela, fria e civilizada Suíça, um paraíso para quem a olha do sul, está livre disso; está aí Minha Irmã, drama dirigido por Ursula Meier, para nos lembrar disso. O filme recebeu o Urso de Prata no Festival de Berlim em 2012. 

Em uma estação de esqui, o jovem Simon (Kacey Mottet Klein) vive de pequenos expedientes, especialmente  furtos de esquis, casacos, botas e óculos, que ele revende por preços irrisórios até para crianças das redondezas. Ele vive em uma espécie de conjunto habitacional com sua irmã Louise (Lea Seydoux), que leva uma vida desregrada, entrando e saindo de empregos que pagam e tratam mal, do mesmo tipo dos casos amorosos em que se mete.  O menino faz tudo para agradar a irmã, até que uma revelação muda o relacionamento entre os dois.

“Minha Irmã”: denúncia social sem pieguice nem maniqueismo


Em alguns aspectos o trabalho da diretora Ursula Meier se assemelha ao de Jean-Pierre e Luc Dardenne, que também fazem denúncia social em seus filmes. Como os irmãos belgas, Meier não permite pieguice nem maniqueísmo e, se há alguma “moral da história”, cada espectador deve elaborá-la por si próprio. O roteiro traz pequenas inconsistências, como a total indiferença dos compradores dos produtos roubados pelo menino, mas isso não compromete o resultado final. 

Embora o nome que aparece primeiro nos créditos seja o da super-estrela francesa Lea Seydoux, de Azul é a Cor Mais Quente, quem rouba a cena (com perdão pelo trocadilho) é o menino Kacey Mottet Klein, que demonstra um controle absoluto de suas ações e emoções, tanto nos momentos de maior frieza, quando executa os golpes quanto nos de humilhação diante da carência material e afetiva. Graças a uma direção segura, ele e a atriz mantém uma cumplicidade que torna o drama ainda mais poderoso. A presença de Gillian Anderson, em pequeno mas importante papel,  também traz uma discreta calidez à trama.  

Por Gilson Carvalho

Nota 8


Ficha Técnica


Minha Irmã (L’Enfant d’en haut) – 97 min.
Suiça/França – 2012
Direção: Ursula Meier
Roteiro: Antoine Jacoud, Ursula Meier, Gilles Taurand
Elenco: Lea Seydoux, Kacey Mottet Klein, Martin Compston, Gillian Anderson

Estreia: 11/06 (São Paulo)

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top