0


Compartilhe este conteúdo |

25º Cine Ceará - Festivel Ibero-Americano de Cinema
O filme O Clube, do chileno de Pablo Larrain, foi o grande vencedor do 25º Cine Ceará - Festivel Ibero-Americano de Cinema.  O longa levou os prêmios de Melhor Longa-Metragem, Roteiro, Ator - concedido para todo o elenco masculino – e Crítica (júri Abraccine). A premiação foi realizada no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza, na noite da última quarta-feira, 24 de junho, no encerramento do evento.

Também foram premiados Cavalo Dinheiro, de Pedro Costa, vencedor em três categorias: Fotografia, Direção de Arte e Som. Jauja recebeu o prêmio de Melhor Direção, para Lisandro Alonso, e Loreak, de Jon Garraño,  levou o troféu de Melhor Atriz, para Itziar Ituño.  Já Obra do Século, de Carlos Quintela, conquistou Melhor Edição e Trilha Sonora Original. 

O documentário Cordilheiras no Mar: A Fúria do Fogo Bárbaro, de Geneton Moraes, que aborda o fervor político de Glauber Rocha, conquistou o Prêmio Especial do júri da Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-metragem.

O cineasta Cacá Diegues foi o homenageado deste ano, pelo conjunto de sua obras, e recebeu o troféu Eusélio Oliveiras das mãos de Rosemberg Cariry.

Premiados

Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-Metragem
Troféu Mucuripe
Melhor Longa-Metragem – O Clube 
Melhor Direção - Lisandro Alonso por Jauja
Melhor Fotografia - Leonardo Simões por Cavalo Dinheiro
Melhor Edição Yan Vega por A Obra do Século
Melhor Roteiro - Guilhermo Calderón, Daniel Villalobos e Pablo Larraín por O Clube
Melhor Som - Óliver Blanc e Vasco Pedroso, por Cavalo Dinheiro
Melhor Trilha Sonora Original - Vicente Rorras, em A Obra do Século
Melhor Direção de Arte Pedro Costa por Cavalo Dinheiro
Melhor Ator Elenco masculino do filme - O Clube
Melhor Atriz - Itziar Ituño por Loreak
Prêmio especial do júri - Cordilheiras no Mar - A Fúria do Fogo Bárbaro
Prêmio da Crítica para Melhor Longa (Abraccine) - O Clube
Menção Honrosa da Crítica (Abraccine) - Crumbs

Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem
Troféu Mucuripe
Melhor Curta-Metragem - Kyoto, de Deborah Viegas
Melhor Direção - Virgindade, de Chico Lacerda
Melhor Roteiro - Quintal, de André Novais Oliveira
Melhor Produção Cearense - Miragem de Virgínia Pinho
Prêmio especial do júri - Feio, Velho e Ruim, de Marcus Curvelo
Prêmio da crítica para Melhor Curta - Quintal, de André Novais Oliveira

Mostra Olhar do Ceará
Prêmio Descaminhos dos Sentidos - Citopídeo, do grupo Chinfrapala
Prêmio A Ficção Necessária - Tenho Um Dragão Que Mora Comigo, de Wislan Esmeraldo
Troféu Mucuripe - Prêmio Melhor Filme - Alguns Páreos em Palermo, de Gabriel Silveira
Menção Honrosa - Vailamideus, de Ticiana Augusto Lima

Prêmios Especiais 

Prêmio Aquisição Canal Brasil
Melhor filme da Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem: Quintal, de André Novais Oliveira  

Prêmio BNB
Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem - Kyoto, de Deborah Viegas 
Mostra Olhar do Ceará - Citopídeo, do grupo Chinfrapala e Tenho Um Dragão Que Mora Comigo, de Wislan Esmeraldo –  Alguns Páreos em Palermo, de Gabriel Silveira 

Prêmio Olhar Universitário
Troféu Mucuripe
Longa-Metragem - Crumbs, de Miguel Llansó
Curta-Metragem - Miragem, de Virgínia Pinho

Júri integrado por estudantes da Vila das Artes, UFC e Unifor. Outorgado pela Câmara Municipal de Fortaleza
Troféu Oscarito - Ator Jamenes Prata, pelo filme Muriel

Prêmio Casa Amarela Eusélio Oliveira (Infraestrutura e edição)
Melhor Curta-Metragem da Mostra Olhar do Ceará: Alguns Páreos em Palermo, de Gabriel Silveira

Prêmio Mistika (Masterização em DCP)
Melhor Curta-Metragem da Mostra Olhar do Ceará: Alguns Páreos em Palermo, de Gabriel Silveira

Prêmio CIA RIO
Miragem, de Virgínia Pinho

Compartilhe este conteúdo |

Postar um comentário

 
Top