0



Mostra "José Wilker: 50 Anos de Cinema"
Um ano após a sua morte, José Wilker terá sua carreira celebrada através da mostra José Wilker: 50 Anos de Cinema, um tributo ao ator que apareceu pela primeira vez na tela grande em 1965, em uma pequena participação no longa A falecida de Leon Hirszman. O evento acontece de 07 a 19 de abril, na Caixa Cultural, no Rio de Janeiro. 

A programação inclui 34 dos 72 filmes feitos ao longo de 49 anos, entre aqueles em que ele protagonizou e outros em que, embora a sua presença seja menor, tenham importância na história do cinema brasileiro.

No primeiro caso estão, por exemplo, Dona Flor e seus dois maridos (1976), de Bruno Barreto, O homem da capa preta (1987), de Sergio Rezende e Bye Bye Brasil (1979), de Cacá Diegues. Entre os menos conhecidos, estão a produção portuguesa Filha da mãe (1990), de João Canijo, Romance, de Guel Arraes (2008) e o curta Eu sou vida; eu não sou morte (1970), de Haroldo Marinho Barbosa. Também será exibida a cópia restaurada de O casal (1975), de Daniel Filho. 

O evento terá também dois debates: o primeiro no dia 9, com Betty Faria e Luiz Carlos Lacerda com e mediação de Marcelo Janot, e o outro no dia 16, com Mariza Leão e Moacyr Góes, com Rodrigo Fonseca como mediador. 

A mostra terá ainda o lançamento de um livro-catálogo com depoimentos de 34 amigos e parceiros. Organizado em ordem cronológica a partir de fatos importantes na vida do ator, tem 152 páginas com prefácios de Miguel Falabella e do cineasta Marcelo Laffitte – amigo do Wilker  e organizador da homenagem, e traz  falas de pessoas bastante próximas como Aderbal Freire Filho, Luiz Carlos Barreto, Maitê Proença, Ney Latorraca, Lucélia Santos, Cacá Diegues, Walter Carvalho, entre outros.

Programação completa: /http://mostrawilker.com.br/

Serviço

José Wilker: 50 Anos de Cinema
07 a 19 de abril
Caixa Cultural Rio de Janeiro
Av. Almirante Barroso, 25 - Centro - Rio de Janeiro
(21) 3980-3815






Postar um comentário

 
Top