0

Compartilhe este conteúdo |

Cena do filme "Dois Lados do Amor"
Eleanor Rigby é o título de uma das canções mais conhecidas dos Beatles. É também o nome de uma das personagens principais de Dois Lados do Amor, drama que narra uma dolorosa relação que não deu certo. O filme é um projeto especial do roteirista e diretor Ned Benson, que quis contar a mesma história da perspectiva tanto da mulher quanto do homem, filmando duas versões que foram lançadas separadamente como Her e Him, sendo a síntese dos dois, Them (daí o título brasileiro), esse longa lançado no Brasil.

Eleanor (Jessica Chastain) tenta um suicídio, mal-sucedido, e volta a morar com os pais.  Conor (James McAvoy) tenta conquistá-la novamente, procurando-a em todos os lugares: através de conhecidos, indo a sua casa e à faculdade onde ela assiste a aulas para matar o tempo. Esses encontros frustrados trazem de volta lembranças, de um tempo em que eles foram felizes, e de outros, em que predomina a infelicidade. Entre estes, a morte do filho deles, que parece ser o principal motivo para o desaparecimento de Eleanor da vida de Conor.


"Dois Lados do Amor" discute as possibilidades e impossibilidades de uma relação


Com narrativa propositalmente lenta, diálogos maduros e profundos (às vezes até demais), o drama busca perscrutar a alma de quem sofre uma dor profunda, e como isso afeta aqueles que estão em volta. O trabalho de montagem consegue imprimir uma notável unidade ao filme, apesar de o casal contracenar em poucas sequências e de a fotografia ser mais luminosa na versão dela e mais soturna na dele.

Poster do filme "Dois Lados do Amor"Por ser uma história muito humana, o que mais importa são os personagens, dando oportunidade aos atores mostrarem suas habilidades. Jessica Chastain, como personagem-título, predomina na tela e no foco da narrativa, e consegue mostrar grande versatilidade, como já constatado em outras produções. James McAvoy, também muito talentoso, expressa, de modo convincente, perplexidade e solidão.

Além dos protagonistas, destacam-se Viola Davis, como uma professora universitária cheio de questões, William Hurt e Isabelle Hupert, como os pais de Eleanor, dois intelectuais que não sabem muito bem como lidar com a filha. Não se trata de uma família padrão, mas, sem dúvida, aborda questões enfrentadas por muitos, em todas os lugares. Como diz a canção dos Beatles: “Todas as pessoas solitárias, de onde elas vêm? Todas as pessoas solitárias, de onde elas são?”

Por Gilson Carvalho

Nota 8



Ficha Técnica

Dois Lados do Amor (The Disappearance de Eleanor Rigby) – 123 min.
EUA – 2013 
Diretor: Ned Benson 
Roteiro: Ned Benson 
Elenco: Jessica Chastain, James McAvoy, Isabelle Hupert, William Hurt, Viola Davis, Ned Benson, Ciáran Hinds,  Bill Haider, Nina Ariand

Estreia: 12/03


O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top