0
Compartilhe este conteúdo |

Cena do filme "Sétimo"
Uma simples brincadeira de criança pode se tornar um pesadelo para seus país. Mais do que isso, pode esconder uma trama que transforma todos à volta em suspeitos. É com esse argumento que nos chega Sétimo, filme hispano-argentino que tem Ricardo Darín como protagonista. 

Advogado criminalista, workaholic assumido, algo cínico e separado da mulher espanhola Delia (Belén Rueda), Sebastián (Darín), vai levar os filhos à escola. Ao descer, faz a brincadeira costumeira: Luca (Abel Dolz Doval) e Luna (Charo Dolz Doval) vão pela escada enquanto ele vai de elevador. Ao chegar ao térreo, não encontra os meninos. Procura-os por toda parte, mas eles desapareceram. 

Sétimo tem a estrutura básica de um filme de suspense. Após a instalação da dúvida, as suspeitas são lançadas para todos os lados. No caso, nos vizinhos, entre eles um suposto pedófilo francês e um velho policial, Rosales (Osvaldo Santoro), que se mostra muito solícito. Até o porteiro (Luis Ziembrowski) se torna alvo da angústia do desesperado pai, que se sente culpado pelo incidente.

A escadaria do prédio onde as crianças desaparecem funciona como condutor da trama, em espiral e sempre levando ao mesmo lugar. No entanto, como os personagens secundários não são bem desenvolvidos, o clima não se estabelece. Por isso, a segunda parte do filme não é tão interessante quanto a primeira, O final, além de previsível, é relativamente frustrante.

Bom representante do cinema de gênero, "Sétimo" é parcialmente bem-sucedido


Poster do filme "Sétimo"Nos últimos tempos, o cinema argentino tem se mostrado cada vez mais bem resolvido no que diz respeito a atrair o grande público, sem negar espaço para produções mais autorais. Por isso, um filme como Sétimo não só é bem-vindo como deve ser saudado como um legítimo representante dessa realidade. 

As belas imagens aéreas de Buenos Aires - procedimento muito usado em telenovelas, servem para marcar a passagem do tempo e também para ressaltar o locus urbano do filme. O maior atrativo, porém, é mesmo Darín, que sem muito esforço entrega uma atuação honesta e acessível. A cara do cinema argentino. 

Por Gilson Carvalho

Nota 6


Ficha Técnica

Sétimo (Séptimo) - 91 min.
Argentina/Espanha - 2013
Direção: Patxi Amezcua
Roteiro: Alejo Flah, Patxi Amezcua
Elenco: Ricardo Darín, Belén Ruedas, Osvaldo Santoro, Luis Ziembrowski, Abel Dolz Doval, Charo Dolz Doval, Jorge D'Elia

Estreia: 27/11


O Cinema está na Rede e também no TwitterO Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top