0
Compartilhe este conteúdo |


Depois de cinco anos fechado para reformas, reabre no dia 2 de outubro o Cine Arte UFF, em Niterói, RJ, com a Mostra Inéditos Imovision, que apresentará sete filmes da distribuidora que ainda não chegaram ao circuito comercial.  As produções escolhidas são Violette, de Marcel Provost; Attila Marcel, de Sylvain Chomet;  Geronimo, de Tony Gatlif;  Kirikou –  Os Homens e as Mulheres, de Michel Ocelot;  A Pedra da Paciência, de Atiq Rahimi, Um Novo Dueto, de Emmanuel Mouret, e Blind, de Eskil Vogt. Será uma sessão por dia, às 19h10, por dia, até o dia 8 de outubro.

Nas sessões regulares, também até o dia 8 de outubro, às 14h, o público poderá conferir o documentário autobiográfico As Praias de Agnès, da diretora francesa Agnès Varda, que recebeu o César 2009 de melhor documentário. Às 16h20, Que estranho chamar-se Federico, de Ettore Scola sobre Federico Fellini. A partir do dia 3, às 21h10, haverá uma estreia nacionalA Primeira Missa ou Tristes Tropeços, Enganos e Urucum, de Ana Carolina, com Alessandra Maestrini, Oscar Magrini, Dagoberto Feliz 

Ligado à Universidade Federal Fluminense, o Cine Arte UFF privilegia em sua programação os filmes de arte e autorais, principalmente europeus, latino-americanos e asiáticos. Com a restauração, ganhou tela maior e novas poltronas, inclusive com lugars para obesos e cadeirantes. Na parte técnica, a sala agora está equipada com projetores digitais DCP 4K 3D e o tradicional 35 mm. Além das sessões normais, abriga ainda o Festival de Cinema Universitário e o Cineclube Sala Escura.

Programação completa em http://www.centrodeartes.uff.br/programacao/ 

Serviço

Cine Arte UFF
Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí – Niterói – RJ
Ingressos: 
R$ 12  e R$ 6 (meia). Promoção "Meia entrada para todos" oferece ingressos por R$ 4 às segundas-feiras. 

O Cinema está na Rede e também no TwitterO Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top