0

Compartilhe este conteúdo |

Cena do filme "Rio, Eu Te Amo"
Rio, Eu Te Amo, filme composto por dez curtas dirigidos por renomados diretores brasileiros e estrangeiros e igualmente estrelados por atores nacionais e internacionais, chega às telas de todo o Brasil nesta quinta-feira, 11 de setembro, cercado de muita expectativa. A ansiedade justifica-se: não é sempre que temos em uma mesma obra Fernando Meirelles, José Padilha, John Turturro, Paolo Sorrentino, Guillermo Arriaga e outros grandes nomes dirigindo Fernanda Montenegro, Rodrigo Santoro, Claudia Abreu, Harvey Keitel, Vanessa Paradis, só para citar alguns.

Terceiro exemplar da franquia Cities of Love - que teve antes Paris e Nova York, o longa não consegue escapar desse caráter comercial. As belíssimas imagens do Rio e a excelente trilha sonora contando com  Gilberto Gil e Chico Buarque, cumprem a função de atrair o espectador, mas o conteúdo nem sempre satisfaz. Narrativamente, falta unidade entre os diversos segmentos; problema que as sequencias de transição – escritas por Felipe Barbosa e dirigidas por Vicente Amorim, não consegue resolver.

“Rio, Eu Te Amo” traz apuro visual e algumas boas idéias, mas sofre pela falta de uniformidade


O elenco é de primeira, mas poucos conseguem se destacar. Fernanda Montenegro, no papel-título de “Dona Fulana”,  uma professora que decide morar na rua,  como sempre dá um banho. Há uma boa química entre Ryan Kwanten e Marcelo Serrado, em “Eu Te Amo”, de Stephan Ellliot, em que um grande astro internacional vem à cidade para um festival de cinema e acaba se apaixonando pelo seu motorista. Nadine Labaki e Harvey Keitel, no papel de atores estrangeiros filmando no Rio divertem-se com o pequeno Cauã Antunes em “Milagre”, história de um moleque que espera uma ligação de Jesus para pedir-lhe uma bola de futebol. Mostrando concentração e intensidade em “Pas de Deux”, de Carlos Saldanha, Rodrigo Santoro e Bruna Linzmeyer  formam um casal de bailarinos que discute a relação enquanto se apresentam no palco do Theatro Municipal. Cláudia Abreu e Michel Melamed se saem bem como a professora de inglês e o motorista de táxi, respectivamente, nas transições. Não por acaso, esses são também os segmentos mais bem-sucedidos.

Poster do filme "Rio, Eu Te Amo"
Já “Texas”, de Guillermo Arriaga, em que um boxeador amputado (Land Vieira) precisa dar uma imensa prova de amor a sua mulher cadeirante (Laura Neiva)  mostra uma história de amor trágica e violenta, fugindo do tom geral do filme, assim como “Quando Não Há Mais Amor”, de John Turturro, em que ele contracena com Vanessa Paradis em Paquetá, numa encenação coreografada e marcada pela música da atriz e cantora francesa. E o que dizer do sul-coreano Im Sang-soo, que produziu um episódio barroquizante com vampiros em uma favela em “Vidigal”, estrelado por Tonico Pereira e Roberta Rodrigues?

Menos interessantes são os curtas “Grumari”, de Paolo Sorrentino, em que uma ricaça (Emily Mortimer) usa e abusa de um milionário (Basil Hoffman) e “A Musa”, de Fernando Meirelles, com Vincent Cassel interpretando um escultor de areia que usa os pés de uma carioca como inspiração. A maior decepção, talvez, seja  o segmento “Inútil Paisagem”, de José Padilha, mostrando Wagner Moura voando em asa delta, quando aproveita para chorar suas dores de amor e vociferar contra a cidade e terminando por dar uma banana para a estátua do Cristo Redentor.

No computo final, há o deleite de (re) ver toda a beleza do Rio de Janeiro, fotografada de maneira espetacular; há a deliciosa música de  Chico e Gil, a confirmação do talento de alguns grandes profissionais e a inserção do Rio em um projeto de repercussão internacional. O saldo é francamente positivo.

Por Gilson Carvalho

Nota 7


Ficha Técnica

Rio, Eu Te Amo 
Brasil/EUA, 2014
Diretor: Andrucha Waddington, Carlos Saldanha, Fernando Meirelles, Guillermo Arriaga, Im Sang-soo, John Turturro, José Padilha, Nadine Labaki, Paolo Sorrentino, Stephan Elliot, Vicente Amorim.
Roteiro: Andrucha Waddington, Carlos Saldanha, John Turturro, Im Sang-soo, Nadine Labaki, Felipe Barbosa
Elenco: Fernanda Montenegro, Rodrigo Santoro, Wagner Moura, Harvey Keitel, John Turturro, Cláudia Abreu, Tonico Pereira, Roberta Rodrigues, Vanessa Paradis, Marcelo Serrado, Bruna Linzmeyer, Eduardo Sterblitch, Nadine Labaki, Márcio Garcia, Michel Melamed, Jason Isaacs, Laura Neiva, Basil Hoffman, Emily Mortimer, Ryan Kwanten

Estreia: 11/09



O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top