0

Compartilhe este conteúdo |



Cena do filme "No Olho do Tornado"
Considerado um gênero menos nobre, o cinema catástrofe volta e meia compareça às telas, com maior ou menor êxito, determinado, geralmente, pela qualidade (ou falta de) dos efeitos visuais, já que este é o maior atrativo nesse tipo de filme. É o caso de No Olho do Tornado, que, a despeito de trazer uma história fraca, é tecnicamente bem realizado, podendo agradar (apenas) os aficionados.

Numa pequena cidade de Oklahoma, Estados Unidos, um grupo de cientistas, liderado por Pete (Matt Walsh), quer fazer história ao entrar no olho do maior tornado já registrado, apesar das advertências da meteorologista Allison (Sarah Wayne Callies), lembrando das tragédias ocasionadas pelos furacões Katrina e Sandy.  Ao mesmo tempo, Morris (Max Deacon), decide não comparecer à  própria de formatura para ajudar Kaitlyn (Alycia Debnam-Carey), num projeto escolar, e os dois acabam presos em um galpão abandonado, para desespero de Gary (Richard Armitage), pai do menino, que faz tudo para salvá-lo. acaba soterrada em uma antiga fábrica, de onde o pai dos meninos,) tentará resgatá-los. Ainda há uma dupla de retardados que faz qualquer coisa para ficar famosos, e tentam filmar a tempestade bem de parte para depois postar no YouTube.

Ótimos efeitos não salvam péssimo roteiro de “No Olho do Tornado”


Poster do filme "No Olho do Tornado"Com caprichada produção, incluindo fotografia, efeitos sonoros, produção de arte e, principalmente concepção visual - assinada por Marco Rubeo e Kirsten Oglesbys,  No Olho do Tornado não convence pelo mau roteiro de John Swetnam, que além de ter seqüências inverossímeis, limita o trabalho dos atores, com diálogos rasos. 

Um aspecto que deveria somar, o found footage – um falso registro feito pelos próprios personagens – usado com sucesso na franquia Atividade Paranormal,  Cloverfield - Monstro (2008) e A Bruxa de Blair (1999), aqui torna-se excessivo e entediante.

Diretor de Premonição 5 (2011) e assistente de James Cameron em Avatar (2009) e Titanic (1997), Steven Quale mostra que sabe montar um bom espetáculo visual. No entanto, quando raios, trovões, ventania e furacões são mais expressivos que os personagens humanos, há certamente algo errado.

Por Gilson Carvalho

Nota 5


Ficha Técnica

No Olho do Tornado (Into the Storm) –  89 min.
EUA – 2014
Diretor: Steven Quale
Roteiro: John Swetnam
Elenco: Richard Armitage, Sarah Wayne Callies, Max Deacon, Nathan Kress, Matt Walsh. Alycia Debnam-Carey

Estreia: 28/08

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top