0

Compartilhe este conteúdo |


Cena do filme "Transformers: A Era da Extinção"Elenco e robôs novos não significam muitas mudanças em Transformers: A Era da Extinção. O quarto episódio da franquia continua mostrando muita ação, explosões e autômatos que se digladiam incessantemente. No meio disso tudo, os humanos parecem quase desnecessários, apesar dos esforços de Mark Wahlberg, Stanley Tucci e outros. Mas não adianta: Autobots, Decepticons e Dinobots continuam roubando a cena, tudo em ótimo 3D.

A história acontece cinco anos depois que Chicago foi praticamente destruída  na feroz batalha entre Autobots e Decepticons, mostrada em Transforners: O lado oculto da lua. Rejeitados e perseguidos pelos humanos, os robôs se escondem. Por acidente, Optimus Prime acaba no galpão de Cade Yeager (Wahlberg) no Texas, atraindo a polícia e, principalmente robôs caçadores de Transformers, além da equipe de Joshua Joyce (Tucci), um empresário excêntrico que criou uma substância, o Transfórmio, para construir seus próprios robôs.

Para ajudar Optimus Prime e os Autobots restantes, Cade enfrenta os policiais, os Decepticons, os novos robôs e tudo o que aparece pela frente. Até desce um prédio em Hong Kong no melhor estilo parkour enquanto enfrenta seu oponente. Ao mesmo tempo, tem que lidar com os hormônios da filha adolescente Tessa (Nicola Peltz) e do namorado (Jack Reynor), um jovem piloto de corridas, que vai salvar o dia um par de vezes, obrigando Cade a aceitar o romance. 

"Transformers: A Era da Extinção", cinema-caos com mira no publico adolescente


Poster do filme "Transformers: A Era da Extinção"
O diretor Michael Bay sabe como montar um espetáculo veloz e ruidoso, exatamente do jeito que seu público - adolescente, na maioria, gosta. O problema é não saber quando parar. São tantos robôs, tanta correria, tanto barulho, que faz mais do que jus ao apelido dado ao sub-gênero: cinema-caos. Isso sem falar no merchandising, tão abundante quanto as batalhas. Com o roteiro raso, resulta numa espécie de longo e lucrativo comercial. 

O protagonista Mark Wahlberg, no papel de um inventor fracassado mas persistente, se sai melhor nas cenas de ação do que nas de pai ciumento de uma adolescente. Nicola Peltz e Jack Raynor são só enfeites. Stanley Tucci optou por uma interpretação quase cômica, enquanto Kelsey Grammer faz o canastrão. No final, os Autobots Bumbledee, Hound e Drift  - principalmente o primeiro, são os personagens mais interessantes. E uma aparição curiosa, para dizer o mínimo, é a dos Dinobots, robôs pré-históricos (!). Dá para imaginar o que virá no próximo. 


Por Gilson Carvalho

Nota:  7




Ficha Técnica

Transformers: A Era da Extinção (Transformers: Extinction Age) - 146 min.
EUA-2014
Diretor: Michael Bay
Roteiro: Ehren Krueger
Elenco: Mark Wahlberg, Nicola Peltz, Stanley Tucci, Kelsey Grammer, Jack Reynor, Bngbing Li, Tirus Welliver, Sophia Myles.

Esrreia: 17/07

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top