0

Compartilhe este conteúdo |

Premios Platino de Cinema Iberoamericano
A primeira edição dos Prêmios Platino de Cinema Iberoamericano foi realizada na noite de sábado, 5 de abril, na Cidade do Panamá. Argentina e Chile, com três prêmios cada, foram os maiores vencedores, seguidos de México, com dois e Espanha, com um. 

O Brasil foi contemplado apenas com um Prêmio de Honra para a atriz Sonia Braga. Segundo os jurados que lhe concederam o premio,  sua carreia é “"Um bom exemplo de trabalho e esforço para além do seu próprio país e um modelo para todos os outros artistas e profissionais." Ao aceitar a estatueta, Sonia Braga fez uma homenagem a José Wilker,  protagonista ao seu lado do filme Dona Flor e Seus Dois Maridos (de Cacá Diegues) falecido naquela manhã.

Premio Platino Sonia BragaApresentada pela atriz e cantora mexicana Alexandra Rosaldo e o jornalista colombiano  Juan Carlos Arciniegas, a cerimônia teve a participação de diversos co-apresntadores, incluindo  brasileira Leandra Leal, que anunciou o premio de melhor atriz para Paulina García, de Gloria. Teve ainda números musicias, com performances da espanhola Shaila Dúrcal, dos colombianos Carlos Vives e Fanny Lu  e do argntino Diego Torres.

Os Premios Platino são uma iniciativa da espanhola Entidad de Gestión de Derechos de los Productores Audiovisuales (Egeda) e Federação Iberoamericana de Produtores (Ficpca)  e serão concedidos anualmente a produções realizadas nos 22 países da região, mais Espanha e Portugal. A próxima entrega será ainda na Cidade do Pananá,  mas a partir de 2016 será itinerante. 


Premiados


Melhor filme iberoamericano de ficção – Gloria (Chile)

Melhor Direção – Amat Escalante - Heli (México)

Melhor Interpretação Masculina – Eugenio Derbez – No Se Aceptan Devoluciones (México)

Melhor Interpretação Feminina – Paulina García – Gloria (Chile)

Melhor Música Original – Emilio Kauderer – Um Time Show de Bola (Argentina)

Melhor Filme de Animação - Um Time Show de Bola (Argentina)

Melhor Coprodução Iberoamericana – Wakolda, O Médico Alemão (Argentina/França/Espanha/Noruega)

Melhor Documentário – Con La Pata Quebrada (Espanha)

Melhor Roteiro – Sebastiàn Lelio – Gloria (Chile)

Prêmio de Honra do Cinema Iberoamericano – Sonia Braga (Brasil)




O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top