0

Compartilhe este conteúdo |


O ator Russell Crowe esteve no Rio de Janeiro na última sexta-feira, 21 de março, para divulgar seu novo trabalho, Noé. Em um hotel da zona sul, bastante descontraído, o vencedor do Oscar por Gladiador (2000), falou sobre o novo filme de Darren Aronofosky (Cisne Negro) e a polêmica que tem causado, sobre a Copa do Mundo, além de reclamar do trânsito da cidade.

O épico de r$ 130 milhões sobre o homem que salvou a humanidade do dilúvio que inundou toda a Terra, conta com Jennifer Connely, Anthony Hopkins, Ray Winstone, Emma Watson e Logan Lerman. A estreia em todo o Brasil será no dia 3 de abril. 

Crowe chegou à coletiva com  mais de uma hora de atraso, causado por um passeio de bicicleta. Ele pedalou da praia de Ipanema até o bairro de Laranjeiras, subindo o Mirante Dona Marta. Disse que foi uma ótima decisão, mas reclamou do trânsito: ”Tem carros por toda parte, não dá para saber onde as bicicletas devem ir,  por onde os carros devem passar.”

A boa forma, afirmou, foi conseguida através do levantamento de peso, chegando a levantar quase 200 quilos. Queria se tornar um “homem-touro”. Mas depois percebeu que essa abordagem do personagem era equivocada. Leu a Bíblia e livros sobre mitologia e percebeu que não era uma história religiosa, nem sobre Noé, mas sobre a formação da humanidade.

Crowe lamentou a proibição da produção em alguns países islâmicos, como Catar, Bahrein e Emirados Árabes Unidos: “O que se perde é a oportunidade de discussão. Você pode ter fé ou não, mas depois de ver o filme, começa a se questionar.” Ele lembrou que o Papa Francisco iria rebê-lo na véspera de sua viagem ao Rio, mas a audiência foi cancelada e ele só assistiu a uma missa ao lado do diretor Aronofosky.

Sobre o filme, ele disse que foi muito bom fazê-lo, mas ficou decepcionado ao saber que os animais seriam inseridos digitalmente. Também elogiou Jennifer Connely, com quem já havia trabalhado em Uma Mente Brilhante (2001) e Anthony Hopkins, um velho amigo.

Ao final, ainda fez comentários sobre a Copa do Mundo e disse em que equipe aposta para ganhar: “Na Austrália!” Ao perceber a reação dos jornalistas, afirmou: “Vocês estão rindo? Nunca se sabe, pode dar certo...” E alfinetou mais a cidade: “Mas vocês precisam dar um jeito no trânsito... O Cristo Redentor é a principal atração turística  e há uma confusão lá...”



Compartilhe este conteúdo | 

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top