0

Compartilhe este conteúdo |


Cena do filme "Todos os Dias"
Todos os Dias  confirma o esperado após os dez primeiros minutos de projeção;  trata-se de um filme sobre o cotidiano que beira o realismo, no caso, uma família que vive no interior da Inglaterra, cujo patriarca (John Simm) está preso enquanto a mãe (Shirley Henderson), vira-se como pode, em trabalhos que mais parecem bicos, e com uma pequena ajuda da avó, para tentar educar os seus quatro filhos.

O filme, dirigido por Michael Winterbottom, começa como termina. Não se sabe a fundo sobre a família, o pai Ian recebe visitas constantes de sua esposa e seus filhos, à medida em que eles estudam no colégio e voltam para casa para assistir televisão. A mãe tenta suprir a omissão forçada de Ian da melhor forma, para não deixar a casa vir abaixo. E em pouco menos de 90 minutos acompanha-se a rotina desta família, às vezes confundida com documentário, devido a câmera incisiva e invasiva de Winterboom.

Peculiaridade antes vistas em outras produções com viés político, como Bem-vindo à Sarajevo (1997), O Caminho Para Guantánamo (2006) e In This World (2003), que faz um relato da imigração afegã para Inglaterra. Em Todos os Dias, deixa-se o plano macro de lado para fazer um recorte micro, sobre a família em questão.

“Todos os Dias”: rotina de uma família com pouco a dizer


Poster do filme "Todos os Dias"Coerência à parte no trabalho de Winterboom, roteirista do sucesso cult A Festa Nunca Termina (2002), o filme tem pouco a dizer. Não são raros os momentos em que os planos abertos aparecem para mostrar a (bonita) vista da Inglaterra rural, suas criações de ovelha e cabras. No entanto, tais vislumbres são feitos à exaustão, e ainda ritmada por músicas que forçam uma sensibilização junto ao público.

Este realismo exercido em Todos os Dias, nu e cru da vida campestre, faz um contraponto desnecessário quando entramos em grandes planos. A vida que a família leva, por si só, já denota angústia e que o cotidiano é duro e sofrido - par os padrões ingleses. A impressão causada no longa é a ausência de um desenvolvimento mais contundente que despertasse o interesse do público.


Nota: 4,5



Ficha Técnica

Todos os Dias (Everyday)- 106 min
Reino Unido– 2012
Direção: Michael Winterbottom
Roteiro: Michael Winterbottom e  Laurence Coriat
Elenco: Shirley Henderson, John Simm, Shaun Kirk,  Laurence Richardson, Johnny Lynch.

Estreia: 17/01


O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top