0

Compartilhe este conteúdo |


Festival do Rio 2013

Mais uma edição do Festival do Rio se encerra, deixando muita saudade para muitos cinéfilos e apaixonados por arte em geral. Muitos convidados especiais prestigiaram o evento, o gênero documentário ganhou bastante espaço em relação ao ano passado, e durante três semanas foram exibidos cerca de 380 filmes de mais de 60 países e dos variados estilos, sendo a Alemanha o país homenageado com a apresentação das mostras Foco Alemanha e Escola de Berlim.

O evento se notabilizou pela grande quantidade de documentários, nunca antes vistos no festival, que contou com a presença ilustre do diretor Gianfranco Rosi, vencedor do prêmio máximo do Festival de Veneza pelo documentário Sacro Gra. Entre outros destaques do gênero, temas atuais prevaleceram, como Pussy Riot – A Punk Prayer, Roubamos Segredos – A História do Wikileaks e 99% - O Filme Colaborativo do Occupy Wall Street. Entre os nacionais, por sua vez, se destacaram FLA X FLU, de Renato Terra, escolhido melhor documentário pelo voto popular, e Histórias de Arcanjo – Um documentário sobre Tim Lopes, de Guilherme Azevedo, escolhido pelo júri.

Além da presença marcante do italiano Gianfranco Rosi, o seu conterrâneo Paolo Sorrentino, símbolo da nova vanguarda do cinema italiano veio ao Rio para mostrar A Grande Beleza, representante da Itália na disputa pelo Melhor filme Estrangeiro do Oscar 2014. O diretor Paul Schreider, homenageado no festival, apresentou The Canyons, provocando polêmica. O mesmo pode ser dito de Obsessão, de Lee Daniels que também veio ao Rio para divulgar o filme O Mordomo da Casa Branca, provável candidato ao Oscar do ano que vem. Além dos diretores, a atriz Dakota Fanning também prestigiou o evento para divulgar o filme Night Moves.

Filmes que chamaram muita atenção junto ao público foi a produção nacional Tatuagem, que recebeu prêmio de melhor filme pelo público, e o filme de encerramento do festival Serra Pelada, de Heitor Dhalia. A ficção científica Gravidade, estrelado por George Clooney e Sandra Bullock e o novo filme de Woody Allen, Blue Jasmine atraíram o público até o último dia do festival, com salas lotadas. Por sua vez, os atores John Turturro e o astro Joseph Gordon-Levitt debutaram atrás das câmeras em Gigolô em decadência e Don Jon, respectivamente.

Igualmente estreantes na direção, o diretor Fernando Coimbra, com O lobo Atrás da Porta, e a diretora Caru Alves de Sousa, com De Menor receberam juntos o prêmio máximo do Festival do Rio, a Prèmiere Brasil, fato inédito na história do festival.

O Festival do Rio 2013, em parceria com Rio Market, mais uma vez organizou um belo evento, até melhor em relação ao do ano passado. E nas últimas três semanas, pode-se afirmar: o Rio foi a capital mundial da sétima arte.


Lista completa dos Premiados do Festival do Rio 2013

Competição Oficial
Melhor Longa-Metragem de Ficção
De menor, de Caru Alves de Souza
O lobo atrás da porta, de Fernando Coimbra
Prêmio Especial do Júri – Documentário
A farra do circo, de Roberto Berliner e Pedro Bronz
Damas do samba, de Susanna Lira
Silvio Guindane por Jogo das decapitações
Mostra Geração

Prêmio Especial do Júri - Ficção
Tatuagem, de Hilton Lacerda
Melhor Longa-Metragem Documentário
Histórias de Arcanjo – Um documentário sobre Tim Lopes, de Guilherme Azevedo
Menção Honrosa do Júri - Documentário
Cativas – Presas pelo coração, de Joana Nin
Melhor Curta-Metragem
Contratempo, de Bruno Jorge
Melhor Direção
Cao Guimarães e Marcelo Gomes por O homem das multidões
Melhor Ator
Jesuíta Barbosa por Tatuagem
Menção Honrosa do Júri - Ator
Francisco Gaspar por Estrada 47
Melhor Atriz
Leandra Leal por O lobo atrás da porta
Melhor Atriz Coadjuvante
Martha Nowill por Entre nós
Melhor Ator Coadjuvante
Rodrigo García por Tatuagem
Menção Honrosa do Júri - Ator Coadjuvante
Julio Andrade por Entre nós
Melhor Roteiro
Paulo Morelli por Entre nós
Melhor Montagem
Mair Tavares por Estrada 47
Melhor Fotografia
Pedro Urano por Quase samba

Prêmio do Público
Melhor Longa-metragem Ficção
Tatuagem, de Hilton Lacerda
Melhor Longa-metragem Documentário
Fla x Flu, de Renato Terra

Melhor Curta-metragem
Jessy, de Paula Lice, Rodrigo Luna e Ronei Jorge

Novos Rumos
Melhor Longa-Metragem
Tão longe é aqui, de Eliza Capai

Menção Honrosa do Júri - Longa-Metragem
O menino e o mundo, de Alê Abreu

Melhor Curta-Metragem
Todos esses dias em que sou estrangeiro, de Eduardo Morotó

Menção Honrosa do Júri - Curta-Metragem
Lição de esqui, de Leonardo Mouramateus e Samuel Brasileiro

Prêmio FIPRESCI
Melhor Longa Latino-Americano
Tatuagem, de Hilton Lacerda

Prêmio do Público
Tom, o garoto malandro, de Manuel Prada

Prêmio Forno de Minas para Curta-Metragem

A galinha que burlou o sistema, de Quico Meirelles



O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top