0

Compartilhe este conteúdo |


Cena do filme "Salvo - Uma História de Amor e Máfia"A co-produção franco-italiana Salvo – Uma História de Amor e Máfia, vencedor do Grande Prêmiio da Crítica do Festival de Cannes de 2013, segue o matador Salvo (Saleh Bakri). Após uma tentativa de assassinato do seu chefe, ele vai à caça do mandante, Renato Piccioto (Redouane Behache), em sua casa, mas lá encontra apenas Rita (Sara Serraicco), a irmã cega.

Salvo espera, então, a chegada de Piccioto enquanto observa Rita trabalhar e cantar. Rita está presente durante o assassinato do irmão e quando está prestes a ser morta, ela enxerga pela primeira vez a silhueta de Salvo. Não conseguindo finalizar o trabalho, o matador sequestra a garota e enterra o corpo do irmão.

Em "Sslvo - Uma História de Amor e Máfia", incomunicabilidade e amor em meio à violência


Após o incidente, Salvo fica um tanto abalado e logo começa a despertar suspeita naqueles com quem trabalha. Ele começa a fugir escondido para levar comida e água a Rita, que como qualquer pessoa em cativeiro, se recusa a ceder a ele. Salvo começa a desenvolver sentimentos pela garota e sabe que para deixá-la a salvo precisa mantê-la escondida.

Poster do filme "Salvo - Uma História de Amor e Máfia"O filme dá a entender que Salvo se sente sozinho e não gosta muito do que faz, apesar de fazê-lo sem pestanejar. Logo no início do filme, antes de qualquer evento, ele aparece deitado, acordado, solitário esperando pelo dia que se aproxima. Rita aparece como uma salvação a essa solidão e forçadamente ele tenta conquistá-la.

O interessante é a forma como os diretores, Fabio Grassadonia e Antonio Piazza, filmaram as sequencias iniciais do filme. Não é possível vermos o rosto de Salvo, ele sempre está de costas para a câmera, ou então o foco está em seus olhos, seja em primeiro plano, seja através de espelhos. Vemos seu rosto pela primeira vez depois de Rita ter visto sua silhueta; a partir daí, somos permitidos a vê-lo também.

O roteiro tem pouquíssimas falas. Salvo é um personagem calado, fala somente quando necessário, mostrando sua seriedade. Os diálogos ficam por conta dos personagens secundários e Rita, mas mesmo assim, não são muitos. As ações são suficientes para sabermos das reações e sentimentos dos personagens principais.
           
Por José Leonardo Tadaiesky

Nota 7,0


Ficha Técnica

Salvo – Uma História de Amor e Máfia (Salvo) – 104 min.
Itália, França – 2013
Direção: Fabio Grassadonia, Antonio Piazza
Roteiro: Fabio Grassadonia, Antonio Piazza 
Elenco: Saleh Bakri, Sara Serraico, Luigi Lo Cascio, Giuditta Perriera, Mario Pupella, Redouane Behache, Jacopo Menicagli

Estreia 11/10


Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top