0

Compartilhe este conteúdo



Fernanda MontenegroGonzaga – De pai para filho, de Breno Silveira, foi o grande vencedor do 10º Prêmio ACIE de Cinema, conferido pela Associação de Correspondentes da Imprensa Estrangeira. A premiação aconteceu na noite desta segunda-feira, 12 de agosto, no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro, e teve como grande homenageada a atriz Fernanda Montenegro.

O longa de Breno Silveira ganhou três prêmios: melhor filme segundo o júri oficial e o público, além do blockbuster Brasil, dado ao melhor filme com mais de um milhão de ingressos vendidos. Cláudio Assis foi eleito o melhor diretor por A febre do rato, que levou ainda o troféu de melhor roteiro. Rodrigo Santoro foi o melhor ator, por Heleno, e Camila Pitanga a melhor atriz, por Eu receberia as piores noticias de seus lindos lábios. A melhor fotografia foi para Walter Carvalho, por Heleno, e a melhor trilha sonora para Paulo Jobim, pelo documentário A música segundo Tom Jobim. O prêmio de melhor documentário foi para Raul – O início, o fim e o meio, de Walter Carvalho.

Durante a cerimônia foi exibido um documentário em curta-metragem sobre a carreira de Fernanda Montenegro, dirigido por Pedro Paulo Carneiro, diretor do longa E aí, Hendrix?

A Associação dos Correspondentes da Imprensa Estrangeira no Brasil (ACIE) reúne mais de 120 jornalistas de veículos de comunicação de cerca de 30 países



Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top