1

Compartilhe este conteúdo |



Cena do filme "Branca de Neve"
O clássico conto de fadas Branco de Neve ganha nova adaptação cinematográfica pelas mãos do diretor espanhol Pablo Berger.  Vencedor de diversos prêmios Goya – o mais importante do cinema espanhol, o filme tem estética sombria e é ambientado no sul da Espanha nos anos 1920.

Bastante diferente da versão animada consagrada universalmente por Walt Disney - colorida e musical, a produção espanhola assemelha-se a O Artista, grande vencedor do Oscar 2012 pelo fato de ser em preto e branco e sem diálogos. Trata-se, porém, de uma coincidência, já que Berger trabalhou nessa ideia por cerca de oito anos até seu lançamento em 2012.

"Branca de Neve" homenageia  o cinema mudo e incorpora elementos da cultura espanhola


Poster do filme "Branca de Neve"Branca de Neves é Carmen, uma menina órfã que é criada por sua avó. Após a morte desta, a garota é mandada para a casa do pai, um velho toureiro paraplégico, mantido encarcerado por sua nova esposa, Encarna, que havia sido sua enfermeira. Ela tenta impedir o contato entre pai e filha, mas o encontro acaba acontecendo e eles se tornam amigos.  Encarna ordena que seu motorista mate Carmencita, mas ele não consegue e a abandona num bosque. Adotada por seis anões toureiros que viajam pela região participando de touradas, ela própria se torna uma famosa toureira.

Com uma fotografia rica de Kiko de la Rica, que presta uma homenagem aos filmes pré-cor, mas de modo contemporâneo, e um elenco competente, com destaque para Maribel Verdú, que interpreta Encana, além de Sofía Oría e Macarena Garcia  (Carmen criança e adulta, respectivamente), Branca de Neves destaca a pluralidade de leituras da obra original dos irmãos Grimm ao mesmo tempo que mostra que filme mudo e P&B podem ser interessantes mesmo em tempos de 3D e  efeitos visuais feéricos.

Por Gilson Carvalho

Nota 9


Ficha Técnica

Branca de Neve (Blancanieves) – 104 min.
Espanha - 2012
Direção: Pablo Berger
Roteiro: Pablo Berger
Elenco: Maribel Verdú, Macarena García, Sofia Oria. Daniel Giménez Cacho, Angela Molina, Inma Cuesta, Pere Ponce, José Maria Pou


Estreia 12/07

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no TwitterO Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

  1. Está aí um filme que não posso perder. Logo quando vi o trailer pela primeira vez, achei a fotografia do filme um tanto especial - o ambiente das touradas e a própria vestimenta dos toureiros, tão cheia de detalhes, contribuem para enriquecer o visual.
    Preciso assistir!

    Bjs,
    Livro Lab

    ResponderExcluir

 
Top