0

Compartilhe este conteúdo |

Cena do filme "2 Mais 2"A  maior bilheteria do cinema argentino em 2012, com mais de um milhão de ingressos vendidos, 2 Mais 2, de Diego Kaplan, aborda de forma leve e divertida um tema tabu: a troca de casais. Trata-se de uma comédia quase familiar, com ótimas interpretações e algumas boas piadas. Falha no entanto, ao ceder ao conservadorismo, (ainda) comum no continente latino-americano.

Diego (Adrian Suar) e Richard (Juan Minujin) são cirurgiões cardíacos de sucesso, donos de sua própria clínica. Ambos são bem casados, com Emília (Julieta Diaz) e Betina (Carla Peterson) respectivamente. Ricos e belos,  levam uma vida perfeita até Betina confessar a Emília que ela e Richard são swingers, ou seja, praticam a troca de casais, e são muito felizes assim.. Inicialmente chocada, Emília, que tem uma vida sexual morna com seu marido,  começa a fantasiar com a possibilidade. Diego, no entanto resiste o quanto pode, e fica mais temeroso ainda quando vai a uma festa de swing com os amigos para observar e aprender como se faz. O tiro sai pela culatra e ele fogei correndo, em uma das mais engraçadas sequências. 

"2 Mais 2" mistura comédia e sensualidade soft, com bons resultados


Poster do filme "2 Mais 2"
Passado o susto, o hesitante Diego resolve dar uma chance à proposta e acaba descobrindo uma nova forma de felicidade. Durante algum tempo, os dois casais desfrutam da recém-descoberta liberdade sexual irrestrita. Porém, Emília e Diego, que tem um filho de 14 anos, Luca (Tomás Wicz), percebem que talvez não estejam mesmo preparados para aquele estilo de vida, e a relação entra em crise. 

O principal ponto positivo da produção argentina é o quarteto de protagonistas, que além de brilharem individualmente, demonstram uma química perfeita, tornando a história mais instigante. As cenas mais sensuais, ainda que contidas,  são bem encenadas e contam com uma trilha sonora mais do que adequada, que incluii Fanky (Charly Garcia) e Do You Really?, interpretada por Claudio Ledda, composta especialmente pelo diretor Kiego Kaplan para o filme, que dá um "climão" na principal cena de sexo entre os casais..

O ponto negativo é o roteiro bastante previsível e com  final banal, um verdadeiro anti-clímax. Ainda que de certa forma coerente com o andamento geral da história, não deixa de denunciar a dificuldade de a sociedade argentina em aceitar a prática de forma natural. Para quem busca apenas bom divertimento, porém, basta não cair na tentação de fazer análise sociológica e terá quase duas horas bastante agradáveis.

Por Gilson Carvalho

Nota: 7,5






Ficha Técnica

2 Mais 2 (Dos Más Dos) - 103 min.
Argentina - 2012
Direção: Diego Kaplan
Roteiro: Juan Vera, Daniel Cúparo
Elenco: Adrian Suar, Julieta Diaz, Juan Minujin, Carla Peterson, Alfredo Casero, Tomás Wicz, Micaela Cuccaresi, Juana Wein, 

Estreia: 17/05



O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top