0

Compartilhe este conteúdo |


Com dois anos de atraso, finalmente chega aos cinemas brasileiros Titeuf - O Filme, animação francesa que tem como protagonista um simpático garoto que reflete sobre a vida de um modo muito peculiar e que, apesar de todas as dificuldades impostas pelo mundo adulto, busca a felicidade. A adaptação é do cartunista Zep, "pai" do personagem nascido há mais de 20 anos nos quadrinhos.
Nadia, colega de escola de Titeuf, vai dar uma festa de aniversário e não convida o garoto. Apaixonado pela menina e decidido a se casar com ela - embora diga que odeia garotas, ele passa a bolar planos para ser convidado, mas só piora a situação a cada tentativa. Enquanto isso, tem que lidar com a iminente separação dos pais. Os dois problemas - a rejeição e o divórcio, o fazem imaginar situações para ele bizarras, como a possibilidade de ter uma madrasta. 

 “Titeuf” mostra o mundo adulto sob a ótica das crianças


Titeuf é um velho conhecido na Europa, onde já saiu em quadrinhos, desenho animado, video game e produtos diversos para as crianças. Faltava mesmo o filme, que foi roteirizado e dirigido pelo próprio criador, o suiço Zep, O engraçado garoto de topete é politicamente incorreto, e fala de assuntos espinhosos com a maior naturalidade. Na versão cinematográfica, Zep criou uma história linear, com estrutura convencional, para atingir uma faixa maior de espectadores. Ainda assim, Titeuf está lá, com comentários sobre questões complicadas como desemprego e sexo. 

O melhor desta animação não é a técnica,  nem a história em si, quase banal, mas o personagem e sua visão de mundo. Os franceses, que adoram Titeuf, não ficaram muito entusiasmados com a adaptação para a tela grande. Talvez porque não há novidade em relação às versões já conhecidas, em quadrinhos e desenho animado. para TV. Para os brasileiros, porém, é uma novidade, e boa. 

Por Gilson Carvalho

Nota 7,5


Ficha Técnica

Titeuf - O Filme (Titeuf - Le Film) - 87 min.
França - 2011
Direção: Zep
Roteiro: Zep
Elenco: Donald Reignoux, Mélanie Bernier, Emilie Blon-Metzinger, Jean Rochefort, Michael Lonsdale, Zabou Breitman, Jean-Luc Couchard, Danielle Hazan, Nathalie Homs, Sam Karmann, Maria Pacôme (vozes originais).

Estreia: 29/03



Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top