0

Compartilhe este conteúdo |




O ator Wagner Moura é a grande estrela de A Busca, road movie sobre um pai a procura de seu filho sumido. Luciano Moura dirigiu o filme que ainda conta com Mariana Lima no elenco. Por retratar um tema recorrente para a classe média brasileira, os criadores têm esperança de que a produção atraia um grande público aos cinemas. 

Como o próprio título sugere, Theo (Wagner Moura) passa o filme em busca de seu filho Pedro (Brás Antunes), que fugiu de casa no fim de semana de seu aniversário. Theo e Branca (Mariana Lima) estão em processo de separação, e o fim do casamento não está consumindo apenas o casal, como o filho também.

"A Busca" examina relação entre pai e filho 

Após um desconhecido entrar em contato pelo telefone de Pedro, Theo decide ir atrás do menino pela estrada por conta própria, deixando Branca em São Paulo para um eventual retorno ou notícias. No caminho ele vai encontrando personagens que viram, ou não, o filho, e a partir deles vai conseguindo informações sobre o destino do menino e seu estado de saúde.

A aventura acaba por mudar o modo de pensar de Theo, assim como aproxima-o novamente de sua esposa, abre-o os olhos para o filho, à quem ele não conhecia tão bem como pensava e o faz repensar a sua ruim relação com o próprio pai.

Drama foi escolhido melhor filme do Festival do Rio 2012

Poster do filme "A Busca" Aliás, ainda no início do filme, Theo quebra (de propósito) a cadeira enviada de presente de aniversário para Pedro, obra do avô do menino, com quem Theo não mantém mais contato. Esse incidente acaba por puxar o gatilho e desencadear toda a situação que os personagens têm de enfrentar. Por isso, o filme foi anteriormente chamado de “A Cadeira do Pai”.


O filme ainda faturou o prêmio de melhor filme de ficção pelo voto popular na edição de 2012 do Festival de Cinema do Rio e estreou no festival de Sundance de 2012 sob o antigo título, que era provisório. O motivo da mudança para A Busca foi o desejo por um nome que resumisse melhor a história e tivesse um apelo mais comercial.

Nada contra um filme comercial, porém muito tomou esse caminho apelativo, desde a cena inicial que nos dá a entender que o protagonista sofreu um acidente - um truque para criar um clima de tensão - aos contatos que Theo vai fazendo pelo caminho – todos eles parecem ter visto o menino seu filho – o que torna tudo fácil demais. Nesse ponto, a história passa longe de ser realista e perde um pouco a originalidade.

Por José Leonardo Tadaiesky

Nota: 6,5


Ficha Técnica

A Busca – 96 min.
Brasil – 2013
Direção: Luciano Moura
Roteiro: Elena Soarez
Elenco:: Wagner Moura, Mariana Lima, Brás Antunes, Lima Duarte

Estreia 15/03




Compartilhe este conteúdo |
O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top