0

Compartilhe este conteúdo |

O longa Amigos Inseparáveis tem como principal marca a excelente atuação dos protagonistas, numa produção que lembra antigos filmes de gangstêres como Os Bons Companheiros (1990), de Martin Scorcese. Se não atinge a excelência daquele, a produção dirigida pelo praticamente estreante Fisher Stevens  e estrelada por Al Pacino, Christopher Walken e Alan Arkin tem o mérito de prestar uma homenagem ao gênero, além de provar que um trio de bons atores vale qualquer ingresso.

Os amigos do título na verdade passam 28 anos sem se ver - tempo que Valentine (Pacino), ou Val, como prefere ser chamado, passa na prisão cumprindo pena pelo assassinato.do único filho do chefão dos gângsteres da cidade, que atende pela curiosa alcunha de Clapahands (algo como "bate palmas"). Interpretado por Mark Margolis, o poderoso chefão ordena a morte de Val e quem deve executá-lo é exatamente Doc (Walken), seu amigo e companheiro.

Aos dois junta-se Hirsch (Alan Arkin) que, desde o falecimento da esposa,  passa seus últimos dias de vida numa casa de repouso, até que Val e Doc vão resgatá-lo para uma última aventura. Essa reunião de velhos companheiros resulta em aventuras sexuais, roubo de um carro, salvamento de uma mulher que havia sido sequestrada e violentada e uma vingança contra os responsáveis pelo crime. Tudo isso em apenas uma noite. 


Química entre Pacino e Walken eleva o resultado final em "Amigos Inseparáveis"



Embora previsível, o roteiro de Noah Haidle tem bons momentos, como a sequência do Viagra ou a dança na discoteca, que lembra Pacino em Perfume de Mulher (1992), de Martin Brest,.  O mais importante, porém, é que permite a Pacino e Walken estabelecerem uma sintonia perfeita, com o primeiro mais expansivo e o segundo mais contido. Arkin, com menos tempo na tela, consegue causar o mesmo impacto que os outros dois veteranos atores.

Outro destaque é a trilha sonora, de muito bom gosto e perfeitamente adequada ao clima do filme. Repleta de blues, R&B e sou music, tem clássicos como Hoochie Coochie Man, com Muddy WatersWhen Something Is Wrong With My Baby, com  Sam and Dave e contemporâneos - mas com a mesma pegada,  Bright Lights, com Gary Clark, Jr. Completam a seleção duas canções de Jon Bon Jovi, baladas que não destoam do conjunto.

Por Gilson Carvalho

Nota 7



Ficha Técnica

Amigos Inseparáveis (Stand Up Guys) - 95 min.
Direção: Fisher Steves
Roteiro: Noah Haidle
Elenco: Al Pacino, Christopher Walken, Alan Arkin, Julianna Margulies, Mark Margolis, Addison Timlim, Ben Burr, Lucy Punch, Vanessa Ferlito, Katheryn Winnick

Estreia 08/03

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top