0

Compartilhe este conteúdo |

O oficial John McClane está de volta, dessa vez lutando ao lado do filho contra uma organização criminosa envolvida com material nuclear na Rússia. Duro de Matar – Um Bom Dia Para Morrer é o mais novo filme da franquia estrelada por Bruce Willis e pelo australiano, ainda desconhecido para nós brasileiros, Jai Courtney, e é dirigido por John Moore (Max Payne).


Cena do filme "Duro de Matar - Um Novo Dia Para Morrer"McClane (Bruce Willis) e seu filho Jack (Jai Courtney),  nunca foram próximos, mas após o acontecido, McClaine viaja para Moscou a fim de entender o que aconteceu. O que ele não sabe, porém, é que Jack é um agente da CIA enviado para evitar o sequestro de Komorov (Sebastian Koch), um detento que pode estragar os planos de seu ex-sócio e candidato a primeiro ministro que quer vê-lo morto de qualquer jeito, mas não antes de conseguir o dossiê com todos os podres que podem incriminá-lo. Com o tempo correndo, os dois agora tëm de trabalhar juntos para deter os criminosos que aparecem pelo caminho e evitar que uma catástrofe se suceda.

Nem melhor, nem pior; apenas mais um "Duro de Matar"

Poster do filme "Duro de Matar - Um Novo Dia Para Morrer"
O filme não é melhor que os outros da franquia, muito pelo contrário,
falta desenvolvimento para a história. O que tem destaque realmente são os
tiros, perseguições e porradaria típicos de um filme de ação. Esses elementos são fundamentais para este gênero e, sem sombra de dúvida, são o que levam os fãs às salas de cinema. O que se perde, entretanto, é a chance de explorar melhor a relação pai e filho dos protagonistas, que não é das melhores, trazendo um pouco de sentimento para a tela.

Houve apenas uma cena clichê em que Jack, escondido, ouvia o pai dizer que o amava e que se arrependia de ter trabalhado tanto e não ter dado mais atenção aos filhos. Pronto, foi isso. Depois voltam os tiros. E ao final do filme os problemas que existiam entre ambos já não existem mais.

Ainda assim é possível prever uma boa arrecadação nas bilheterias. Um filme de ação com Bruce Willis é entretenimento puro com muitos efeitos visuais e piadinhas envolvendo vocabulários russos e a natureza e as técnicas de trabalho do filho, carinhosamente chamado por McClane como “spy shit”. Infelizmente ainda faltou grandiosidade que se espera de um filme protagonizado por Bruce Willis e de uma franquia tão famosa como Duro de Matar.

Por José Leonardo Tadaiesky

Nota: 6,0



Ficha Técnica

Duro de Matar – Um Novo Dia Para Morrer (A Good Day to Die Hard) – 97 min.
EUA - 2013
Direção: John Moore
Roteiro: Skip Woods
Elenco: Bruce Willis, Jai Courtney, Sebastian Koch, Mary Elizabeth Winstead, Cole Hauser, 


Estreia 22/02



Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter
O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top