0



Poster-do-filme-Um-Evento-Feliz
Um Evento Feliz é uma boa opção para tentar entender os questionamentos e problemas atuais das mulheres, especialmente daquelas envolvidas em alguma forma mais branda de feminismo. Mesmo assim, é um filme leve, uma comédia com um pouco de drama de teor mais reflexivo. O roteiro, que junto com a direção foram realizados por Rémi Bezançon (O Primeiro Dia do Resto de Tua Vida), não está sobrecarregado de diálogos e traz para o cinema o perfil da jovem mulher intelectualizada de classe média, sem qualquer pedantismo. É um filme com momentos de boa risada paraver sozinhos ou acompanhados. 

Maternidade em Um Evento Feliz 
Cena-do-Filme-Um-Evento-Feliz
O tema do filme pode ser resumido nesta citação “não se nasce mãe, torna-se mãe”, uma frase semelhante à da filósofa Simone de Beauvoir, “não se nasce mulher, torna-se mulher”. Barbara Dray (Louise Bourgoin) é uma jovem e promissora estudante finalizando sua tese de filosofia para assumir um cargo de professora assistente na universidade. Ela conhece Nicolas Malle (Pio Marmaï) com quem tem um relacionamento e decidem ter um filho juntos. 

O casal passa a enfrentar as dificuldades de cuidar de uma criança e manter o relacionamento, mas o que merece mesmo atenção é o conteúdo das reflexões de Barbara sobre a maternidade, sobre os momentos de gestação (todas aquelas coisas que as mulheres não mencionam sobre a própria gravidez), as alterações sofridas no corpo, as relações médico-hospitalares e a relação entre mãe e bebê. Um Evento Feliz traz bons questionamentos, o que não garante a concordância com as conclusões do roteiro de Bezançon, mas permite uma aproximação de um tema relevante paras as mulheres e também para os homens da atualidade. 

Romance em Um Evento Feliz

Um Evento Feliz não é apenas um filme sobre maternidade; há cenas encantadoras de romance. Barbara é cliente da locadora ondeNicolas trabalha e, tendo em vista os títulos dos filmes que elaaluga (o primeiro mostrado foi Amor à Flor da Pele, de Wong Kar Wai), o seu amigo, Tony (Thierry Frémont), diz que ela está a fim do rapaz. Então os dois começam um diálogo mudo com capas de DVD, usando os títulos dos filmes como forma de comunicação. 

Outro aspecto agradável em Um Evento Feliz é a forma narrativa assumida no início do filme. Ela dá um certo acolhimento e leveza ao que o espectador espera ver na tela. É um filme sobre pessoas em uma situação específica e agrada por isso, não tem muitas pretensões e consegue mostrar bem o que pretende. De qualquer forma, vale a pena se deslocar para o cinema e conferir. 

Nota: 7.5



Ficha Técnica

Um Evento Feliz (Un Hereux Événement) - 107 min.
França/Bélgica - 2011
Direção e Roteiro: Rémi Bezançon, baseado em romance de Eliette Abecassis
Elenco: Louise Bourgoin, Pio Marmaï, Josiane Balasko, Thierry Frémont

Estreia: 21/12

O Cinema está na Rede e também no TwitterO Cinema está na Rede e também no Facebook



Postar um comentário

 
Top