0

Compartilhe este conteúdo |



XI Araribóia Cine - Festival de NIterói Com o tema Memórias, o XI Araribóia Cine – Festival de Niterói será aberto nesta terça-feira, 20 de novembro, às 20h30h no Cinemark Plaza Shopping, no centro da cidade. O filme de abertura será Jorge Mautner – O Filho do Holocausto, de  Pedro Bial e Heitor D´Alincourt.

Realizado pela Universidade Federal Fluminense, o festival ocupará diversos espaços em Niterói. A Mostra Competitiva Digital, que chega ao seu sexto ano, agora com novo nome - Mostra Sesc Cine Digital,   será realizada no Sesc Niterói. A Sessão Assim Vivemos, que levanta a bandeira da acessibilidade, acontecerá no mesmo local.

A Mostra de Curtas, sempre seguida de debates com os cineastas, ocupará o auditório do Museu de Arte Contemporânea (MAC), local também da Sessão Cineclube Sala Escura e da Sessão Som na UFF. Uma nova sessão – a UFFilme, organizada pelos alunos do curso de  cinema da Universidade Federal Fluminense, será apresentada no Teatro do DCE da UFF


Completando a programação, o livro TV Morrinho será lançado no MAC e uma exposição de fotografias, com o tema “Reminiscências”, organizada em parceria com o grupo Pragmatizes / Labac, ocupará o Instituto de Arte e Comunicação Social (IACS) da UFF.

Ainda dentro do espírito de prestigiar a produção artística local, será homenageado no MAC no último dia do festival, 25 de novembro, o grupo musical MPB4, que se formou nos anos 60 na cidade.  Além da participação em trilhas sonoras de clássicos do cinema brasileiro, os integrantes atuaram como dubladores de filmes estrangeiros. Além de um troféu, o MPB4 será brindado com uma apresentação do grupo Negros & Vozes e do Coro Jovem da UFF, sob a regência de Márcio Paes Telles e Peri Santoro.

Mais informações: www.arariboiacine.pro.br/




O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top