0

Compartilhe este conteúdo |


Começa nesta segunda-feira, dia 5 de novembro, na capital do Espírito Santo, o Festival de Vitória - 19º Vitória Cine Vídeo, com 94 filmes (87 curtas e sete longas) em mostras competitivas e não competitivas. O encerramento será dia no 10, com o anúncio dos vencedores. 

Na mostra competitiva de longas, dos cinco filmes selecionados, dois são do Rio de Janeiro; um de São Paulo; um de Brasília e um de Pernambuco. Este é o segundo ano que o Festival de Vitória inclui em sua programação a mostra competitiva de longas-metragens.

Dos 57 curtas selecionados para a mostra competitiva, 14 são de São Paulo; 11 do Espírito Santo; 10 do Rio de Janeiro; nove do Ceará e cinco de Pernambuco. Paraíba, Minas Gerais, Paraná e Bahia estão representados cada um por dois curtas.

As sessões e debates do festival serão realizados no Cine Metrópolis (na Universidade Federal do Espírito Santo) e na Estação Porto, Centro de Vitória, onde também vai acontecer no dia oito de novembro a homenagem à atriz  Laura Cardoso. Aos 85 anos, a atriz já confirmou presença e receberá pessoalmente o Troféu Marlin Azul e um livro com sua biografia, de autoria da jornalista Sandra Medeiros.

Haverá ainda as mostras “Foco Capixaba”, um panorama das principais tendências do cinema produzido no Espírito Santo; “Corsária”, painel das principais vertentes autorais do cinema brasileiro contemporâneo, homenagem ao cineasta Carlos Reichenbach, cujo longa “Alma Corsária” batiza esta seleção. A mostra será aberta com seu curta “Equilíbrio e Graça”, de 2002;

A mostra “Quatro Estações”, com produções de temática LGBT, será exibido na sessão de meia-noite, logo após o longa-metragem da sexta-feira;  e o “Festivalzinho”, que chega à  13ª edição,  traz uma programação de curtas brasileiros voltada para estudantes do ensino fundamental da rede pública municipal de Vitória, Cariacica e Serra.

Dois longas que estão fora de competição encerram a programação: A Mulher de Longe, de Luiz Carlos Lacerda, e Era Uma Vez Eu, de Marcelo Gomes. A cerimônia de encerramento contará também com o show dos Titãs, que completam 30 anos em 2012.

Relação dos filmes selecionados para a Mostra Competitiva de longas e curtas-metragens:
Longas-metragens (os filmes selecionados concorrem ao Troféu Marlin Azul de Melhor Filme).

 - O Que Se Move (SP, FIC, 97’) - Direção: Caetano Gotardo.
O Som ao Redor (PE, FIC, 131’) – Direção: Kleber Mendonça Filho
Strovengah (RJ, FIC, 88’) – Direção: André Sampaio
A Cidade É Uma Só? (DF, DOC/FIC, 73’) – Direção: Adirley Queiróz
Esse Amor Que Nos Consome (RJ, FIC, 80’) – Direção: Allan Ribeiro

Curtas-metragens (os filmes selecionados concorrerão ao Troféu Marlin Azul, nas categorias: Melhor Filme Ficção, Melhor Filme Documentário, Melhor Filme de Animação, Melhor Direção, Melhor Fotografia, Melhor Roteiro, Melhor Trilha Sonora, Melhor Montagem, Melhor Direção de Arte, Melhor Produção, Melhor Atriz, Melhor Ator e Prêmio do Júri Popular).

 - Espírito Santo Futebol Clube (ES, DOC, 30’) – Direção: André Ehrlich Lucas e Lucas Vetekesky
Loja de Inconveniências (ES, FIC, 15’) – Direção: Juliano Enrico
- Dizem Que os Cães Veem Coisas (CE, FIC, 12’) – Direção: Guto Parente
Odete (CE/MG, FIC, 16’) – Direção: Luiz Pretti, Ivo Lopes Araújo e Clarissa Campolina
Sala de Milagres (BA, DOC, 13’) – Direção: Cláudio Marques e Marília Hughes
Na Sua Companhia (SP, FIC, 22’) – Direção: Marcelo Caetano
Charizard (CE, FIC, 15’) – Direção: Leonardo Mouramatheus
A Dama do Estácio (RJ, FIC, 22’) – Direção: Eduardo Ades
Menino do Cinco (BA, FIC, 20’) – Direção: Marcelo Matos de Oliveira e Wallace Nogueira
Primas (CE, DOC, 4’) – Direção: Salomão Santana
Meu Amigo, Que Trabalhou com Manoel de Oliveira, Que Fez 100 Anos (SP, FIC, 22’) – Direção: João Marcos de Almeida e Sérgio Silva
Dia Estrelado (PE, ANI, 17’) – Direção: Nara Normande
Porcos Raivosos (PE, FIC, 10’) – Direção: Leonardo Sette e Isabel Penoni
O Velho e o Novo (RJ, FIC, 17’) – Direção: Daniel Caetano
Piove, Il Film di Pio (SP, DOC, 15’) – Direção: Thiago Brandimarte Mendonça
Mais Denso Que o Sangue (PB, FIC, 15’) – Direção: Ian Abé
O Hóspede (PB, FIC, 15’) – Direção: Ramon Porto Mota e Anacã Agra
Realejo (SP, ANI, 13’) – Direção: Marcus Vasconcelos
Linear (SP, ANI, 6’) – Direção: Amir Admoni
O Duplo (SP, FIC, 23’) – Direção: Juliana Rojas
A Onda Traz, o Vento Leva (PE, DOC, 29’) – Direção: Gabriel Mascaro
Câmara Escura (PE, DOC, 25’) – Direção: Marcelo Pedroso
Memórias Externas de uma Mulher Serrilhada (SP, FIC, 15’) – Direrão: Eduardo Kishimoto








O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top