0
Compartilhe este conteúdo |



Cena-do-filme-O-Vingador-do-Futuro

O Vingador do Futuro (Total Recall), que estreou no dia 17 de agosto, é o remake do clássico de ficção científica de mesmo título, dirigido por Paul Verhoeven e estrelado por Arnold Schwarzenegger em 1990. Nesta nova versão, de autoria de Len Wiseman, o herói,  menos robusto que o ex-Exterminador do Futuro e ex-governador da Califórnia, porém mais sombrio e ágil, é Colin Farell, que esteve no Rio para lançar o filme (leia matéria).



Ação predomina em “O Vingador do Futuro” 2012

Num futuro pós-apocalíptico, resultado de uma guerra química global, o mundo se resume a duas áreas: Federação Unida da Bretanha e a Colônia (antiga Austrália). Douglas Quaid (Farell), operário numa fábrica de robôs, não se sente feliz, apesar de casado com a bela Lori (Kate Beckinsale) e busca alívio numa empresa chamada Rekall, que promete implantar belas memórias artificiais de uma vida falsa.


Durante o processo, algo dá errado e ele descobre que não é quem pensava. Vê-se envolvido numa disputa pelo poder e passa a ser perseguido pelas forças do ditador Cohagan (Bryan Cranston). Contando com a ajuda de Melina (Jessica Biel), que faz parte das forças que tentam derrubar o governo, ele tenta entender o que está acontecendo. É quando a ação começa e não para mais.


Poster-do-filme-O-Vingador-do-Futuro
O filme é todo sobre Quaid e sua busca pela identidade. Por isso, Farell está o tempo todo em cena. E ele se sai bem nas sequências de perseguição e pancadaria. Inicialmente ao lado (e posteriormente atrás) de Quaid está Lori, que tem mais importância nessa versão do que na anterior, que contou com Sharon Stone no mesmo papel. Isso porque, com larga experiência em filmes de ação (é responsável pela saga Anjos da Noite e Duro de Matar 4.0, entre outros), o diretor Wiseman, caprichou nas sequências de luta e tiroteio. Não por acaso, ele também é marido de Beckinsale, estrela da série sobre vampiros.


Filme reflete crise do mundo atual


A cenografia – um dos pontos altos da obra-, apresenta influências claras de outro clássico da ficção científica, Blade Runner, o Caçador de Andróides, de Ridley Scott, também baseado em Philip K. Dick. Não só nos cenários propriamente, mas na concepção visual de futuro, bastante dark, com fotografia apresentando basicamente variações de cinza. Além disso, a população é predominantemente asiática nas ruas das grandes e soturnas cidades.

De um modo geral, a versão 2012 acerta ao apresentar uma versão antenada com as crises que o mundo atravessa. A ênfase na ação parece responder às expectativas do público da atualidade. Colin Farell faz um herói contemporâneo, o que elimina a certa graça que o estilo robótico de Schwarzenegger imprimia à produção. Sinal dos tempos.

Por Gilson Carvalho
Nota: 7


Ficha Técnica

O Vingador do Futuro (Total Recall) - 118 min.
EUA – 2012
Direção: Len Wiseman
Roteiro: Kurt Wilmmer, Mark Bomback, baseados em conto de Philip K. Dick
Elenco: Colin Farell, Kate Beckinsale, Jessica Biel, Bryan Cranston, Bokeem Woodbine, Bill Nighy, John Cho





O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top