0


Cena do filme israelense "Beaufort"
Beaufort está mais para uma crônica de guerra do que exatamente um filme com tiros, bombas e explosões, como sugere o gênero. O relato realizado pelo diretor Joseph Cedar, vencedor do Urso de Prata de Berlim em 2008 e indicado ao Oscar de melhor Filme Estrangeiro no mesmo ano, assume um caráter imparcial sobre os momentos finais, localizados no castelo Beaufort, da Guerra entre Israel e Líbano, em 2000, que perdura 18 anos. Os poucos soldados da defesa israelense da fortaleza, que dá nome ao longa, situados no país libanês, não podem revidar ao fogo inimigo e tampouco podem sair do castelo, por ordens das autoridades máximas de Israel.

Influenciado assumidamente pela obra de Stanley Kubrick, Glórias Feitas de Sangue (1957), Joseph Cedar faz do argumento verídico um questionamento moderado sobre a finalidade da guerra entre as duas nações, iniciada em 1982, além de relatar o lado íntimo dos combatentes, com suas aflições, medos e receios acerca do seu futuro, em meio a todo o contexto ao qual estão inseridos.

Em "Beaufort", imparcialidade gera distanciamento da obra com o público


A imparcialidade do relato causa um distanciamento que exige do público um esforço para que este se envolva com a história, pois ela não possui um personagem principal, aumentando assim a dificuldade de envolvimento por parte do espectador. Os dois personagens que poderiam assumir tal posto poderiam ser o recém-chegado e desarmador de bombas Ziv (Ohad Knoller) e o comandante Liraz (Oshri Cohen), mas, em prol desta neutralidade, o diretor Joseph Cedar não mistifica nenhum herói.

O foco exercido no questionamento dos combatentes lembra brevemente Além da Linha Vermelha (1998), de Terrence Mallick. Sem entrar nos detalhes filosóficos do diretor de A Árvore da Vida, os soldados israelenses indagam por algo mais concreto, de vida mundana. Entretanto, até mesmo o filme de Mallick possui cenas fortes, com bastante ação, o que no filme israelense de 2007 foi esquecido.

Nota: 5,5 





Ficha Técnica

Beaufort – 131 min
Israel – 2007
Direção: Joseph Cedar
Roteiro: Joseph Cedar – Baseado no livro homônimo de Ron Leshem
Elenco: Alon Aboutboul, Adi Adouan, Yaakov Ahimeir, Alon Ben David, Guy Apriat, Avi Ayoun, Itamar Barzani, Daniel Bednar, Ohad Knoller, Oshri Cohen

Estreia: 6 de julho 

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top