0


Caio Blat em cena do filme "Uma Longa Viagem"
Você já pensou em fazer um filme sobre si mesmo? Se você não for alguém digno de uma biografia escrita, é provável que não. Mas, abrindo só um pouco o círculo, quem de nós já não imaginou a própria família num longa metragem? As inúmeras histórias de um e de outro membro sendo contadas em um filme que, em muitos casos, iria precisar de uma parte 2. Sendo diretora de cinema, Lucia Murat não perdeu a oportunidade e conta sua história em Uma Longa Viagem.

"Uma Longa Viagem" é o filme de família da diretora Lucia Murat


Lucia foi militante durante os anos da ditadura e passou boa parte dos anos 1970 como presa política em prisões do Rio de Janeiro, chegando a ser torturada pelo exército. Após esse período difícil da história brasileira, e ajudando a superar seus traumas, Lucia se tornou cineasta. Sua história seria rica o suficiente para este filme, mas a diretora estende a narrativa para seus dois irmãos mais próximos, Miguel e o caçula Heitor.

A morte de Miguel foi o ponto de partida para Lucia realizar o projeto. Na verdade, ele é o irmão menos citado no longa, mas não o menos importante. O grande destaque é Heitor, interpretado por Caio Blat em algumas dramatizações e na leitura de suas cartas. Seus pais o mandaram para Londres em 1969 por medo de que o caçula seguisse os passos de Lucia, entrando na luta armada contra a ditadura.

Cartaz do filme "Uma Longa Viagem"
Na efervescência da juventude, em Londres, Heitor fez amigos com quem embarcou em viagens ao redor do mundo nos anos 1970, regadas a muitas drogas, rock'n'roll e o misticismo dos países orientais por onde passaram, como a Índia e o Afeganistão. Apesar do isolamento e rebeldia, Heitor manteve sempre ativo o hábito de escrever para os irmãos e a mãe. As belas cartas, na voz de Caio Blat, dão um toque de beleza à história, que é contada pelo próprio Heitor e por Lucia.

Um documentário entre irmãos


Uma Longa Viagem é um filme pessoal, intimista. Mais que um documentário, é o contar de uma história. Como se narra a história da família, e a sua própria, para os descendentes: o álbum de fotos é aberto e as cartas guardadas são lidas em voz alta. Cenas de Lucia entrevistando Heitor revelam familiaridade nas conversas, personagens são citados sem a necessidade de apresentação e a cumplicidade entre irmãos permite a revelação de fatos omitidos nas cartas.

A atuação de Caio Blat não impressiona, mas mesmo assim o ator recebeu o prêmio máximo da categoria no festival de Gramado. Além disso, o filme coleciona alguns prêmios nacionais importantes. Em Gramado levou os Kikitos de melhor filme, ator e direção de arte, além do Prêmio do Júri Popular. Em Paulínia Uma Longa Viagem recebeu o Prêmio da Crítica de Melhor Documentário.

Por: Lucas Siqueira Cesar
Nota: 6 






Ficha Técnica

Uma Longa Viagem – 95 min
Brasil – 2011
Direção e Roteiro: Lucia Murat
Com: Caio Blat, Lucia Murat, Heitor Murat

Estreia: 11 de maio (São Paulo e Rio de Janeiro); 18 de maio (Campinas, Salvador e Porto Alegre); 25 de maio (Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, Juiz de Fora e Vitória) 

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top