0


"Homens de Preto" volta aos cinemas
Dez anos depois, uma das melhores franquias do cinema está de volta. O filme de 1997, que recebeu uma continuação em 2002, consegue juntar como nenhum outro ficção científica e comédia. Depois do longo período de ausência, M.I.B. prova que seu universo único, e seus ótimos personagens, ainda rendem muito pano pra manga.

A viagem no tempo entra para o universo de "MIB: Homens de Preto"


Os agentes J (Will Smith) e K (Tommy Lee Jones) vivem sua rotina normal de policiais interestelares, mas a atitude introspectiva e calada de K começa a incomodar J. Por isso, o agente mais novo passa a pentelhar seu parceiro, ainda mais que o habitual, para tentar fazer com que ele se abra. As investidas não dão certo, mas J acaba descobrindo que o agente mais velho, e os arquivos da MIB, escondem informações extremamente sigilosas sobre o passado de K.

No dia seguinte a uma briga dos dois, J vai para o trabalho e descobre que K está morto desde a década de 1960. Ao mesmo tempo, uma invasão alienígena começa a destruir a Terra. Ao notar o desespero de J causado pelas mudanças no mundo que conhecia, a nova chefe geral da MIB (Emma Thompson) lhe revela que é possível viajar no tempo, e que alguém deve ter modificado algum ponto no passado. Por isso J deve voltar ao dia em que K morreu, para garantir que as coisas aconteçam de acordo com sua lembrança. J é o único capaz de perceber as mudanças no mundo presente.

Cartaz de "MIB 3: Homens de Preto 3"

O diretor Barry Sonnenfeld não perdeu a mão


O cineasta, que também assina os dois primeiros filmes, consegue manter praticamente o mesmo clima dos anteriores. Uma das maiores diferenças talvez seja o final mais emotivo. Visualmente o longa impressiona, especialmente nas cenas de época, e com destaque também para os recursos visuais usados para representar as viagens no tempo de J. Também vale destacar que as imagens em 3D foram muito bem exploradas.

O novato Josh Brolin (de Bravura Indômita) se sai muito bem no papel do agente K dos anos 60, e consegue realmente parecer Tommy Lee Jones mais jovem. Apesar da maquiagem, o avanço da idade é visível em Jones, mas não foi apenas ele que precisou ser rejuvenescido. Os 10 anos também passaram para Will Smith, que assusta quando aparece na tela com a cara de garoto do começo da carreira.

Outro detalhe digno de menção é o ótimo roteiro de MIB 3. O texto é, na verdade, uma adaptação de uma história em quadrinhos sobre os agentes J e K, escrita por Lowell Cunningham. A forma como os detalhes da trama se encaixam do início ao fim do filme, que tem sua sequência atravessada por uma viagem no tempo, é primorosa. O fim não deixa nenhum gancho explícito para uma continuação, mas, quando o longa acaba, fica uma pequena indignação: por que em 2012 não estamos assistindo ao MIB 5 ou 6? Os fãs esperam que a série continue.

Nota: 10 






Ficha Técnica

MIB³: Homens de Preto 3 (Men in Black III) – 103 min
EUA – 2012
Direção: Barry Sonnenfeld
Roteiro: Etan Cohen, Lowell Cunningham, David Koepp, Jeff Nathanson, Michael Soccio
Elenco: Will Smith, Tommy Lee Jones, Josh Brolin, Jemaine Clement, Emma Thompson, Michael Stuhlbarg, Nicole Scherzinger, Alice Eve, David Rasche, Bill Hader

Estreia: 25 de maio 

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top