15


Pôster de divulgação do filme "Os Vingadores"
Os Vingadores é uma das estreias mais aguardadas do ano nos cinemas, e não apenas pelos fãs dos super-heróis da Marvel. O filme pode ser considerado o clímax de diversos prelúdios, ou a cereja no topo do bolo, que dá aquele toque complementar e faz toda a diferença no visual e no sabor. Nick Fury (Samuel L. Jackson), diretor da SHIELD (a agência internacional de pacificação), passeou pelas incursões dos personagens Marvel em seus filmes-solo e reuniu uma equipe fantástica para formar o time The Avengers, composto pelo Capitão América, Homem de Ferro, Thor, Hulk, Gavião Arqueiro e Viúva Negra.

O conflito que os motiva é oriundo do drama shakespeareano protagonizado pelo Deus do Trovão e seu irmão Loki, no longa de Kenneth Branagh. Após a tentativa frustrada de tomar o trono de Asgard, Loki (Tom Hiddleston) agora quer reinar sobre a Terra, que passou a contar com a proteção de Thor (Chris Hemsworth). Para combater estes planos maquiavélicos, Fury reúne Os Vingadores e o filme passa a ter duas linhas narrativas que se encontram em uma das sequências mais memoráveis do cinema moderno: a luta entre os super-heróis e o exército alienígena comandado por Loki, em plena Nova York.

Homem de Ferro e Hulk se destacam em “Os Vingadores”


Uma das vertentes do roteiro é a relação, a princípio não muito amistosa, entre a equipe dos Vingadores, composta por membros de personalidades distintas, o que gera faíscas e piadas sensacionais. Sim, piadas! Não são só as sequências de ação repletas de fantásticos efeitos especiais que chamam a atenção do público. A veia cômica do filme é muito bem comandada pelo diretor e roteirista Joss Whedon e parte essencial da trama. E a outra vertente é a evolução do plano de Loki, que também recruta elementos importantes para seu temível exército.

Robert Downey Jr. em pôster do filme "Os Vingadores"
O alívio cômico dos Vingadores tem como destaque o sempre competente Robert Downey Jr., como o Homem de Ferro, e o ótimo Mark Ruffalo, que interpreta Hulk. Eles protagonizam as melhores cenas cômicas do filme e os diálogos são perfeitos, repletos de uma irresistível ironia! Além disso, captam com extrema sensibilidade a dualidade de seus personagens. Mas os outros heróis, apesar de não alcançarem este padrão (com exceção da Viúva Negra), também funcionam muito bem e têm participações não menos importantes. Chris Evans, como o Capitão América, amadurece a ingenuidade exposta em O Primeiro Vingador e o nacionalismo estadunidense exagerado não tem espaço desta vez. Ainda bem!

Até porque o elemento feminino do time é a Viúva Negra, de origem russa. Uma parceria inimaginável se estivéssemos falando de uma trama simploriamente maniqueísta, com o objetivo apenas de entreter, como foi o prelúdio protagonizado pelo Capitão América. Scarlett Johansson já havia interpretado a agente Natasha Romanoff em Homem de Ferro 2 e aqui reforça seu vasto repertório de táticas de interrogatórios e habilidades em artes marciais. Jeremy Renner também defende com competência o Gavião Arqueiro, mas seu personagem é uma espécie de padrão de filmes de ação e não exige muito do ator, dramaticamente falando (a preparação para manusear o arco e a flecha é outra história).

Prelúdios de “Os Vingadores” alcançam seu propósito em um filme memorável


Os únicos filmes solo que funcionam independentemente da cereja do bolo são os dois do Homem de Ferro. Thor, Capitão América e Hulk são falhos e não empolgam, já que servem apenas para criar conexões entre os personagens e a trama de Os Vingadores. Mas isso pode se traduzir como um esforço em se criar necessárias apresentações nas telonas do cinema, que tinham um objetivo mais importante: o filme The Avengers. Publicada pela primeira vez em 1963, a HQ que dá origem ao longa e que tem uma legião de admiradores, finalmente está nas telonas. Realmente, o time d’Os Vingadores não decepciona toda a expectativa que vem sendo depositada no filme, que pode ser considerado o melhor lançamento do ano até agora. Absolutamente espetacular e empolgante! E fique atento aos créditos: a ambição dos produtores não vai parar por aí!

Nota: 10 (com louvor!) 






Ficha Técnica

Os Vingadores (The Avengers) – 142 min
EUA – 2012
Direção e Roteiro: Joss Whedon
Elenco: Robert Downey Jr., Chris Evans, Mark Ruffalo, Chris Hemsworth, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Tom Hiddleston, Stellan Skarsgård, Samuel L. Jackson

Estreia: 27 de abril 

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

  1. Excelente texto, como sempre, Mattheus Rocha!

    ;)

    ResponderExcluir
  2. Valeu, linda! Fico muito feliz quando você gosta dos meus textos! ♥

    ResponderExcluir
  3. Lavinia sacramento22 de abril de 2012 10:44

    Amei... tô babando de ansiedade... bjs

    ResponderExcluir
  4. Tem um povo falando que é melhor do que TDK. NÃO É

    Batman TDK e Vingadores (que deveria se chamar Supremos) são dois filmes com propostas diferentes.Batman é um drama com ação. Vingadores é um filme de ação com drama.

    Quem gosta de um roteiro mais elaborado curte mais TDK. Quem gosta do massaveísmo e porradaria vai preferir Vingadores

    ResponderExcluir
  5. eu sou fã incondicional da DC e de longe meu herói preferido é o batman, mas receio agora que talvez, apenas talvez, Vingadores seja de fato o filme do ano. é uma obra magna, impressionante e, por ora, absoluta.

    Mas, mesmo deslumbrado e com os olhos de uma criança no natal, ainda aguardo calmamente a vinda de batman, mas não vou defende-lo antes de asssitir, mesmo com todo o crédito de nolan e sendo este meu herói favorito.

    ResponderExcluir
  6. Você está completamente enganado sobre o Gavião, Thor e Capitão américa. A Viúva Negra é completamente deslocada da história. Ela não tem poder algum e nem armamento. a interpretação dela é de quem está vendo um monte de Titular jogando enquanto ela fica na arquibancada admirando. Aqueles chutes no Stark do primeiro filme não funciona com demônio fortíssimo de outro mundo. O combate entre o Thor e o Homem de Ferro é demais e pelo fato de Thor ser super poderoso faz dele um personagem sem muitos problemas com os humanos normais. Capitão América é que dá unidade ap grupo. O Homem de Ferro não é o Homem de Ferro é Roberto Downey Jr. Apesar de parecer você ser um cinéfilo lhe falta coragem para falar que a Víuva Negra (Scarlett Johansson) do filme está nele apenas pela beleza, mais nada.

    ResponderExcluir
  7. Discordo quanto a Hulk ter sido falho, O filme não foi uma "obra prima" mas cumpriu o esperado, a luta final dele contra abominação foi muito boa, e o "Hulk Smash" foi otimo.

    Estou ansioso para assistir, seja com a galera da facul ou com meus amigos, mas se geral fular eu arrasto é minha irmã de 10 anos mesmo.
    Ir ao cinema sozinho é um porre.

    ResponderExcluir
  8. "Thor, Capitão América e Hulk são falhos e não empolgam"

    Nossa...

    ResponderExcluir
  9. Até agora o melhor filme do ano é "Dois coelhos"

    ResponderExcluir
  10. Sem dúvida que Vingadores tem me empolgado absurdos, mas pra mim o mais esperado sem dúvida é The hobbit : There and back again. Bom, mas isso já é outra história, no quesito herois das hqs concordo com você, principalmente no que se refere ao Homem de Ferro, Robert Downey Jr conseguiu captar com maestria o personagem.

    ResponderExcluir
  11. Filme do ano para crianças de até 12 anos, adulto pagando pau pra heroizinhos de gibi me faz rir de gargalhadas!

    ResponderExcluir
  12. Ah, que falta faz a coragem para esses "anônimos" admitirem que o filme é muito bom. Esse tipo parece-me ser o perfil de audiência perfeita para, sei lá, As Branquelas ou Velozes e Furiosos, muito mais "adultos" do que um bando de uniformizados com superpoderes... tem gente que ainda não entendeu que diversão de qualidade não tem faixa etária, mas tem que ter, sim, boas ideias e gente profissional no comando, como é o caso desse ótimo Os Vingadores.

    ResponderExcluir
  13. MATTHEUS ROCHA, GOSTARIA QUE VOCÊ COMENTASSE SOBRE O 3D DO FILME "OS VINGADORES". E QUAIS SÃO OS MELHORES FILMES EM 3D LANÇADOS ATÉ HOJE?
    Jefferson Pires

    ResponderExcluir
  14. Jefferson, eu vi o filme em uma cabine de imprensa com exibição em 2D, portanto não pude escolher, mas em breve irei rever "Os Vingadores" pra poder apreciar o 3D da obra. Em relação aos melhores filmes em 3D lançados até hoje, sem dúvida alguma "Avatar" é um marco, pela tecnologia que Cameron desenvolveu e aprimorou. Dos filmes mais recentes, "A Invenção de Hugo Cabret" tem um 3D magnífico, além de ser um belíssimo filme. Entre as animações, gosto muito do 3D de "As Aventuras de Tintim" e de "A Lenda dos Guardiões", que, apesar do roteiro fraco, tem um visual incrível. Também aprecio bastante o visual de "Alice no País das Maravilhas". Um abraço!

    ResponderExcluir

 
Top