Publicidade

Festa no Céu

Crítica - Poder Sem Limites

3 de março de 2012

Com um enredo atípico, duração curta e filmado em um estilo quase que esquecido pelas produções cinematográficas da atualidade, o filme Chronicle, cujo título em português foi denominado como Poder Sem Limites, mediante uma pesquisa feita pela Fox Filmes do Brasil pela internet, na qual os usuários enviaram diversas sugestões, é uma obra ousada, criativa e corajosa.

O diretor estreante em cinema Josh Trank (da série The Kill Point) cria um universo paralelo com um misto de gêneros, que vai desde ficção científica, ação, suspense e terror ao drama, e transforma esse apanhado de características presentes no longa em um falso-documentário, como os neo-clássicos A Bruxa de Blair e Atividade Paranormal. 

História do filme Poder Sem Limites aborda questões como bullying, ética e moral, além do surrealismo


Poder Sem Limites é narrado inicialmente sob a visão do adolescente Andrew (Dane DeHaan), um rapaz que nunca fora bem quisto, de poucos amigos e que sofre preconceito no colégio onde estuda. Aliás, esse é um pormenor bem interessante do filme, que, apesar de fantasioso, usa de características contemporâneas para compor o roteiro, que por sinal foi escrito por Max Landis – filho do diretor John Landis. 

O pai de Andrew é alcoólatra e o violenta bruscamente com frequência. Sua única base sólida é sua mãe, entretanto, ela está doente e debilitada, à beira da morte. Para tentar fugir dessas figuras que o atormentam, o garoto encontra em sua câmera de vídeo uma distração. Ele registra os fatos e ações do dia-a-dia, aonde quer que vá. 

Mas a vida do rapaz muda quando, junto com seu primo Matt (Alex Russell) e o colega Steve (Michael B. Jordan), descobre em uma espécie de buraco em meio a uma floresta, uma fonte de extração de poder por meio de um objeto não-identificado, aparentemente alienígena, que exala uma substância que os transforma em super-heróis. É nesse dado momento que os garotos ganham poderes e tornam-se capazes de mover o que quiserem e voarem, usando o poder da mente. No início tudo é diversão para eles, porém, durante a trama, isso muda. A questão da ética e moralidade aparece em cena quando Andrew se mostra desnorteado e com um sentimento maligno e odioso pelos que o cercam, e decide usar seus poderes sem escrúpulos. 

Efeitos especiais de Chronicle deixam a desejar


Em uma obra cuja sinopse tem como personagens principais super-heróis, é fatídico se esperar que os efeitos sejam impecáveis e que vidrem os olhos dos espectadores na tela. Neste caso os efeitos especiais até são bons, mas há uma certa dificuldade de credulidade por parte de quem assiste nas façanhas conseguidas pelos personagens, principalmente nos primeiros quadros de voos e levitações de objetos.

O longa-metragem em questão foi produzido com uma verba de US$ 12 milhões, então, de fato não é de se esperar que seja uma espécie de X-Men – e essa nem é a intenção –, mas é inevitável não comparar com outros longas que envolvam esse tipo de protagonistas, pois cria-se uma expectativa em decorrência do título e ao saber que nos depararemos com personagens com super-poderes.

Fora os efeitos, o diretor consegue transmitir a ideia de documentário, mas isso torna a filmagem da produção um pouco confusa e chega a causar certo desconforto em determinadas cenas, pelo fato da distorção das imagens, vozes aleatórias e embaralhadas em uma mesma cena, típicos de documentários, mas que podem deixar os espectadores não assíduos desse tipo de película frustrados pela falta de nitidez. Em Poder Sem Limites, menos é mais; nada de atores super famosos, de cenários grandiosos, mas não se pode negar que foi feito um bom e eficiente trabalho em cima da proposta do roteiro.

Por: Alessandra Caires 
Nota: 6,5




Ficha Técnica


Poder Sem Limites (Chronicle) – 84 min 
Reino Unido, EUA – 2012 
Direção: Josh Trank 
Roteiro: Max Landis 
Elenco: Dane DeHaan, Alex Russell, Michael B. Jordan, Michael Kelly, Ashley Hinshaw, Anna Wood 

Estreia: 2 de março

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

 
Cinema na Rede | by TNB ©2010 | O conteúdo deste site está protegido sob licença Creative Commons | Marketing Digital: Fizzy