4

Se é praticamente unanimidade entre crítica e público que Spielberg exagerou no melodrama e errou a mão em Cavalo de Guerra, As Aventuras de Tintim, que será lançado nos cinemas brasileiros apenas duas semanas após a estreia do drama baseado no romance homônimo de Michael Morpurgo, pode ser considerado como uma espécie de redenção. Muita gente acreditava que o consagrado cineasta havia entrado em uma espécie de decadência artística como diretor após o excelente Munique (2005), mas, na adaptação para as telonas dos quadrinhos clássicos do belga Hergé, Steven Spielberg dá a volta por cima e oferece uma animação em 3D perfeita, recheada de incríveis cenas de ação e aproveitamento máximo da tecnologia atual. 

Animação de Spielberg faz jus aos quadrinhos de Hergé


A série de histórias em quadrinhos As Aventuras de Tintim (Les Aventures de Tintin, no original em francês) foi criada em 1929, coincidentemente o ano da primeira premiação do Oscar. E não será surpresa se o longa de Spielberg, co-produzido por Peter Jackson (que no fim deste ano lançará o aguardado O Hobbit), sair da cerimônia de 2012 laureado como o vencedor da estatueta de melhor animação. Em O Segredo de Licorne, a abertura retrô e a música original do mestre John Williams já mostram que o que está por vir não vai decepcionar os fãs do repórter de Hergé, além de poder vir a conquistar uma nova geração, que irá acompanhar as aventuras de Tintim e seu fiel escudeiro, o cão Milu, nas telonas de cinema

Tintim é um jornalista investigativo que está sempre caçando uma boa história para contar. Quando percebe que um item de colecionador que comprou para enfeitar seu apartamento pode ser a chave para um segredo passado de geração para geração, ele parte em uma aventura que o levará ao navio do Capitão Haddock, bêbado incorrigível e figura hilária, que irá ser um grande parceiro do repórter. As presenças dos clássicos personagens Thomson e Thompson também são impagáveis. As Aventuras de Tintim 3D: O Segredo de Licorne é uma mistura cinéfila deliciosa de Hergé, Piratas do Caribe e Indiana Jones (do próprio Spielberg). 

Personagens e cenas de ação são o ponto alto da animação As Aventuras de Tintim

 

A tecnologia implementada no filme capta os movimentos dos atores, que nas gravações vestem trajes com pontos eletrônicos para reproduzir com fidelidade movimentos humanos nos personagens da animação. Claro que em grandes produções deste tipo não pode faltar o especialista Andy Serkis, que já interpretou King Kong, Gollum de O Senhor dos Anéis e, mais recentemente, o Cesar de Planeta dos Macacos: A Origem. Em O Segredo de Licorne ele dá vida Capitão Haddock. Já Tintim é vivido por Jamie Bell (de Jumper) e o vilão Rackham é defendido pelo 007 Daniel Craig. 

Dica: se você puder, assista ao filme em uma sala Imax 3D. A imersão no universo de Tintim se torna mais completa e proporciona momentos deslumbrantes. Sem dúvidas, além dos ótimos personagens, as cenas de ação são o ponto alto de As Aventuras de Tintim. As texturas, cores, movimentos... todos estes elementos técnicos contribuem para a qualidade estética de uma obra irretocável. Destaque também para as cenas em alto mar, que são fantásticas, e a edição de som, capaz de tornar uma luta de espadas muito mais empolgante. As Aventuras de Tintim: O Segredo de Licorne é imperdível. Leve sua família, compre aquele balde gigante de pipoca e divirta-se! Depois nos conte o que achou.

Nota: 10

Compartilhe este conteúdo |




Ficha técnica


As Aventuras de Tintim 3D: O Segredo de Licorne (The Adventures of Tintin) – 107 min 
EUA, Nova Zelândia – 2011
Direção: Steven Spielberg 
Roteiro: Steven Moffat, Edgar Wright, Joe Cornish – Baseado nas comic book series de Hergé 
Dublagem Original: Jamie Bell, Andy Serkis, Daniel Craig, Nick Frost, Simon Pegg, Daniel Mays, Gad Elmaleh, Toby Jones, Joe Starr, Enn Reitel, Mackenzie Crook, Sonje Fortag, Cary Elwes, Phillip Rhys 

Estreia: 20 de janeiro

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

  1. Assisti Tintim e vi como Spielberg consegue adicionar ação com as ótimas histórias de Hergé.Todos devem assistir, é impossível não gostar, em minha opinião o melhor filme de Spielberg desde o Resgate do Soldado Ryan.

    ResponderExcluir
  2. A trilha sonora é maravilhosa !!!!!

    ResponderExcluir
  3. O filme é sim empolgante, divertido. Porém, um pouco extenso demais. E o 3D deve funcionar melhor no Imax 3D mesmo, porque não achei que fez grande diferença.

    ResponderExcluir
  4. Sou fan incondicional do Tintim, e gostei muito do trabalho do Spilperg, mas acho que ele carregou um pouco demais em algumas cenas de ação. Perdeu um pouco do realismo e sutileza clássicos do Tintim.

    ResponderExcluir

 
Top