0

Já faz algum tempo que as conquistas femininas começaram a mudar a cara do mundo, principalmente a igualdade de direitos e o espaço no mercado de trabalho. Sem contar uma infinidade de outras conquistas ligadas ao comportamento e crenças da sociedade. Mas mesmo que essa luta já seja antiga, infelizmente ainda não podemos dizer que tenha alcançado tudo o que precisa ser conquistado.

Dentro desse contexto de desigualdade entre os sexos, especialmente no trabalho, a comédia Não Sei Como Ela Consegue complica ainda mais a vida da protagonista, trazendo outras questões atuais, como o ritmo acelerado em que vivemos, causado pelos avanços tecnológicos, e questões mais antigas, como a participação na infância dos filhos e a atenção a ser dada ao sexo oposto.

A mulher sobre quem falamos é Kate Reddy (Sarah Jessica Parker, de Sex and the City), alguém que vive ao pé da letra o conceito de "super mulher", aquela que inexplicavelmente se esforça para dar tudo de si à família, ao trabalho e, quando possível, a ela mesma: tudo ao mesmo tempo agora. Kate tem a família que sonhara, dois filhos pequenos lindos, uma boa casa e um marido que ama. Além disso, Kate também ama seu trabalho e sua carreira de executiva financeira está perto de atingir o ápice de sucesso.

Por ser uma das melhores funcionárias de sua equipe, Kate é selecionada para representar sua empresa em um novo negócio, em outra cidade, o que exige cada vez mais de seu tempo e energia. Para Kate essa é a oportunidade que sempre esperou, mas ela também quer ser uma boa mãe e esposa, e não perder os momentos importantes da vida em família, que já estavam complicados antes mesmo de sua promoção no trabalho. Dividida, Kate então escolhe "não escolher" e começa um verdadeiro malabarismo para desempenhar todos os seus papéis, até que as coisas começam a cair.

Além da multi-mulher que Kate representa, há também uma sátira as mulheres que, nos dias de hoje, decidiram optar por apenas um dos lados, entre casa e carreira. O filme usa de forma interessante uma linguagem documental em vários momentos da história, como quando Kate narra em off sua própria vida, ou quando pessoas de seu círculo social dão depoimentos sobre ela como se estivessem sendo entrevistados, o que acaba dando mais realismo à obra. Não há como não se identificar com pelo menos algumas das hilárias situações vividas por Kate, seja como mulher, no papel da própria Kate, ou como colega de trabalho, chefe, esposo, namorado, ou filho de uma mulher "malabarista".

Por: Lucas Siqueira Cesar

Compre nos <br>EUA e receba na sua casa 


Não Sei Como Ela Consegue (I Don't Know How She Does It) – 89 min
EUA – 2011 
Direção: Douglas McGrath 
Roteiro: Aline Brosh McKenna – Baseado no romance de Allison Pearson 
Elenco: Sarah Jessica Parker, Pierce Brosnan, Greg Kinnear, Christina Hendricks, Olivia Munn 

Estreia: 25 de novembro

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top