0

A Hora do Espanto é um filme norte-americano de horror, com direção de Craig Gillespie e que tem como personagem principal um temível vampiro. O longa é um remake do original Fright Night (1985), dirigido por Tom Holland; e adota as características primordiais de filmes deste gênero como a escuridão, o suspense, e é claro, os sustos. Apesar disso, o enredo é classificado como comédia de terror.

Em tempos em que vampiros não são mais vistos como vilões, A Hora do Espanto chega para chacoalhar os alienados e mostrar que de amistosas, as criaturas de dentes afiados não têm nada. Ilusões amorosas definitivamente não cabem para definir os sentimentos do crápula; pelo contrário, o que ele quer mesmo é suprir seus instintos. 

O roteiro sofreu alterações brandas em relação ao primeiro longa. Os atores são jovens e a trama se desenvolve bem. Charley Brewster, vivido por Anton Yelchin (de Os Smurfs), é um rapaz popular, namora uma bela garota e anda desprezando seu melhor amigo, o nerd Ed (Christopher Mintz-Plasse). Ed tenta alertá-lo sobre a frequência de alguns desaparecimentos na cidade, apontando a causa: ataques de um perigoso vampiro – Jerry, interpretado por Colin Farrell (de Quero Matar Meu Chefe) –, que mudou-se para a casa ao lado da de Charley. Incrédulo, o garoto ignora seu amigo. 

Quando sua mãe Jane (Toni Collette, de Mary e Max: Uma Amizade Diferente) demonstra certo interesse pelo vampiro, o rapaz começa a se preocupar e investigar, constatando que Ed estava certo. Charley se desespera e procura a ajuda de Peter Vincent (David Tennant, de Como Treinar Seu Dragão), um ilusionista famoso por seu conhecimento em assuntos relacionados a Vampiros. A partir daí, o filme se torna dinâmico e começa a saga para acabar com o mal.

Muita aventura é o que você vai encontrar no desenrolar da trama. Quase não se vê a presença de luz nas cenas, é tudo bem obscuro e assombroso. Por se tratar de uma releitura, não há tantas inovações, apenas um toque de modernidade nos efeitos (incluindo 3D), e claro, adequação para as gerações atuais se interessarem. Mesmo sendo um filme de horror, algumas cenas emanam senso de humor, principalmente no início, quando os diálogos entre os amigos relembram momentos embaraçosos da adolescência.

Já estava na hora de um lançamento típico do gênero – e com vampiros – para desmistificar que ‘não se fazem mais produções como antigamente’. A Hora do Espanto atende às expectativas dentro do que se propõe e é uma boa opção para os que gostam de conferir os lançamentos apavorantes. 



A Hora do Espanto 3D (Fright Night) - 106 min
EUA, Índia - 2011
Direção: Craig Gillespie 
Roteiro: Marti Noxon 
Elenco: Anton Yelchin, Colin Farrell, Toni Collette, Christopher Mintz-Plasse, David Tennant e Imogen Poots

Estreia: 7 de outubro

Compartilhe este conteúdo |

Postar um comentário

 
Top