0

A frustração da perda do emprego e o medo causado pela incerteza em relação ao futuro financeiro são sentimentos que muitos brasileiros conhecem de perto. Abrir um negócio é uma atitude arriscada que, da mesma forma, amedronta pela impossibilidade inicial de saber se o empreendimento dará certo ou não. Trabalhar Cansa, de Marco Dutra e Juliana Rojas, é um pequeno ensaio sobre as incertezas que norteiam (creio que seria mais adequado a palavra ‘desnorteiam’) a rotina de uma família da classe média paulista

Enquanto Otávio (Marat Descartes, de É Proibido Fumar) perde a vaga no emprego para um jovem rapaz, sua esposa Helena (Helena Albergaria) abre um pequeno mercado – num local velho, e com vários problemas de infiltração. Sem experiência em conduzir a loja, o estresse da nova dona é inevitável e o microcosmo social do qual Helena faz parte – funcionários, empregada, mãe, filha e marido – de alguma forma é afetado.

Centrado e comedido, Trabalhar Cansa é beneficiado pela boa participação do elenco. Marat Descartes retrata com eficiência o típico desempregado brasileiro de “idade um pouco avançada”. O profissional experiente que envelheceu e precisou ser substituído por alguém mais novo, ágil e ‘antenado’. O grande destaque, porém, é Helena Albergaria, que concebe sua personagem homônima com extremo zelo. O processo de deterioração do humor, da paciência e do otimismo da personagem acontece de forma paulatina e sem desníveis, graças ao talento da moça, e ao roteiro que, apesar de não ir fundo nos desdobramentos dramáticos dos personagens – eis um pequeno defeito da obra –, constrói uma figura humana complexa e interessante.

Além disso, a dupla de jovens diretores demonstra habilidade na construção das cenas, com o uso de planos elegantes e a criação de uma bem elaborada atmosfera de suspense. As cenas no mercadinho, cujos cômodos com paredes deterioradas parecem ter vida própria, são belas graças às sutis movimentações da câmera, e à pouca iluminação que compõe um cenário amedrontador, que representa metaforicamente a angústia existencial de Helena e seu círculo social. Apesar dos elementos misteriosos que, em certas sequências, apontam um flerte do drama com o terror, Trabalhar Cansa mostra que não há nada mais assustador do que viver com incertezas em relação ao ‘ganha pão’.



Trabalhar Cansa – 99 min
Brasil – 2011
Direção e Roteiro: Marco Dutra, Juliana Rojas
Elenco: Helena Albergaria, Marat Descartes, Naloana Lima, Marina Flores, Lilian Blanc, Gilda Nomacce, Thiago Carreira, Hugo Villavicenzio, Clarissa Kiste, Daniela Smith, Luiz Serra, Eliana Teruel, Ney Piacentini, Ana Cristina Petta, Eduardo Gomes

Estreia: 30 de setembro

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

 
Top