6

A franquia de terror Premonição chega ao seu quinto episódio sem grandes novidades, com exceção do uso mais intenso e esperto do 3D, a começar pela abertura. Fora isso, repete basicamente a mesma história de todos os anteriores. Assim, Premonição 5 (Final Destination 5) só vale para os fãs da série e de filmes do gênero.

Como sempre, um grupo de jovens em viagem vai sofrer um acidente. Um deles, Sam (Nicholas D’Agosto) tem uma visão e impede que todos morram no desastre. A boa sorte não dura muito e cada um dos sobreviventes pouco a pouco vai encontrar seu destino trágico, na mesma ordem em que morreriam na terrível catástrofe. Para não dizer que não há enredo, eles descobrem que se matarem alguém, a morte os poupará.

Para contornar a previsibilidade de uma produção como esta, a solução foi carregar nas tintas. Cada morte é mais insana e sangrenta que a anterior. Pense numa forma grotesca de morrer e lá está: fogo, vidro, eletricidade, lâminas afiadas, quedas etc. Tudo com muito sangue e em terceira dimensão.

Porém, se não levarmos o filme a sério, como convém num caso desses, Premonição pode ser divertido exatamente pelo absurdo e exagero. Com 3D em praticamente cada fotograma e efeitos visuais caprichados, especialmente na sequência inicial, em que uma ponte pênsil despenca e pessoas e automóveis caem no rio, impressiona pela qualidade técnica.

O elenco é formado por jovens de boa aparência e pouco talento, com raras exceções no que diz respeito às habilidades dramáticas. A maioria vem de séries televisivas e, se depender da performance neste filme, para elas deve voltar. Nem em um eventual Premonição 6 eles terão vez porque, como se sabe, por motivos óbvios o elenco nunca é  repetido. O engraçado é que Sam e sua namorada Molly (Emma Bell) vão viajar para Paris. Mas é claro que eles não viram o primeiro Premonição.

Com pouco terror verdadeiro e praticamente nenhuma piada original, Premonição 5 não é para um público amplo. Mas adolescentes certamente se divertirão com o banho de sangue e mortes espetaculares. É só que se espera, e é só o que se obtém.

Por: Gilson Carvalho



Premonição 5 (Final Destination 5) – 92 min
EUA  – 2011

Direção: Steven Quale
Roteiro: Eric Heisserer
Elenco: Nicholas D'Agosto Emma Bell, Miles Fisher, Courtney B. Vance, Arlen Escarpeta, David Koechner, Tony Todd, Ellen Wroe, Jacqueline MacInnes Wood, P.J. Byrne

Estreia: 23 de setembro

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter O Cinema está na Rede e também no Facebook

Postar um comentário

  1. Estou de pleno acordo, sou fã da série Premonição (The Final Destination), mas me conformo que a história é fraca, oque me chama a atenção é a criatividade em imaginar mortes de todas as formas e em todos os lugares, assim como a qualidade de efeitos visuais que da um show nas acidentes que sempre ocorrem na abertura dos filmes, até hoje quando vejo o acidente na estrada que ocorreu no filme 2 da franquia eu me impressiono, assim como a montanha russa no 3 já o 4 caiu muito e o 1 certamente teve muito mais originalidade na história e poucos efeitos, agora resta esperar que o número 5 consiga consiliar os efeitos visuais, a criatividade em criar mortes inimaginaveis e uma boa história.

    ResponderExcluir
  2. Como fã da saga, digo que esse é o melhor filme da saga. É o mais sério de todos e o mais real.

    ResponderExcluir
  3. Cara, é só pra quem gosta do estilo. Eu particularmente adoro ver como "a morte" encontra as pessoas e como o universo conspira para que voce não fique além do seu tempo nesse mundo. Não é um filme para apreciar o roteiro ou os atores, mas ficar reclamando de uma série que já tem 5 filmes só traz mais fama.

    ResponderExcluir
  4. Adooooooooooooro a saga Premoniçao e adorei o 5 filme. É dificil eu fechar os olhos nos filmes de terror mais este me surpreendeu, as mortes são macabras !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. o filme e sem duvida muito bom no quesito efeitos visuais ,mas na minha opnião a saga premonição deveria ter fim no 3 filme pois apartir do 4 ficou muito repetitivo

    ResponderExcluir
  6. adorei os efeitos e 3d ,principalmente por ter vários coisas saindo da tela que realmente vale a pena .Quanto a história o conteúdo e um pouco fraco,mais em geral é um bom filme.

    ResponderExcluir

 
Top