0

Po não está em paz consigo mesmo, e só através da paz interior ele conseguirá a concentração para vencer seus adversários e lutar o kung fu mais show de bola que a China já viu. Desta vez o inimigo é o pavão Shen, que tem um desejo de vingança ainda maior do que o vilão anterior. Enquanto Tai Lung queria vingança contra o mestre Shifu e o Vale da Paz, Shen deseja dominar toda a China, e não vai medir esforços para isso. Só mesmo o Dragão Guerreiro e os Cinco Furiosos serão capazes de detê-lo, mas não sem ajuda. E não enquanto Po não se encontrar com seu passado e descobrir, finalmente, quem é de verdade.

Qualquer fã do primeiro filme, ao ver o anúncio da sequência, deve ter pensado "como eles farão um vilão ainda mais sinistro que Tai Lung, sem repetir a história?". O mesmo pensamento cruzou as mentes dos produtores do filme, como explica o roteirista Jonathan Aibel (de Alvin e Os Esquilos 2 e Monstros vs. Alienígenas): "Achamos que não conseguiríamos superar Tai Lung se tentássemos criar um vilão ainda mais forte". A solução encontrada foi Shen, um vilão intelectual, mas repleto de conflitos emocionais, uma forte preocupação com o futuro e um dilema pesado com seu passado.





O passado também orienta a caminhada de Po pelo novo filme. Nosso panda lutador começa a ter flashes de quando era criança, e é tomado pela necessidade urgente de saber de onde veio e quem é. Sua jornada o põe em rota de colisão com Shen, em direção a um final maravilhoso, embora não surpreendente de todo. Ainda assim, é difícil não se emocionar e ao mesmo tempo rir do panda.

Todos os personagens estão lá. Os Cinco Furiosos: Macaco, Garça, Louva-a-Deus, Víbora e a perfeccionista Tigresa, que vai revelar um lado seu antes inimaginável. Também o Mestre Shifu, mais sábio, participa da ação. O pai de Po, o ganso Sr. Ping, tem um papel importante na história e não foi deixado de lado. As cenas de ação são eletrizantes e o drama vem na medida certa. Qualquer membro da família vai se identificar com o filme, e torcer para o sucesso de Po: crianças, adolescentes e adultos. E é assim que este filme deve ser assistido, em família, pois cada faixa etária poderá aproveitar a animação à sua maneira.




Kung Fu Panda 2 (Kung Fu Panda 2) – 90 min
EUA – 2011
Direção: Jennifer Yuh
Roteiro: Jonathan Aibel, Glenn Berger
Dublagem Original: Jack Black, Angelina Jolie, Dustin Hoffman, Gary Oldman, Jackie Chan, Seth Rogen, Lucy Liu, David Cross, James Hong, Michelle Yeoh, Danny McBride, Dennis Haysbert, Jean-Claude Van Damme, Victor Garber

Estreia: 10 de junho.

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter

Postar um comentário

 
Top