2

Apesar de estar programado para estrear no fim de semana do dia dos namorados, Namorados Para Sempre fica longe de ser uma comédia romântica feita para acalentar os corações apaixonados. Cindy (Michelle Williams) e Dean (Ryan Gosling) são casados, têm uma filha de cinco anos e estão vivendo uma grande crise em seu casamento. Paralelamente a esse momento, são mostrados momentos do passado, do início do relacionamento, cheios de paixão e esperança. As cenas entre passado e presente sempre têm uma ligação que nos deixa com um nó na garganta. Apesar de ter ao seu lado um bom marido e um excelente pai, Cindy percebe-se na monotonia do relacionamento. 

Ela, que no início era uma garota cheia de sonhos, que desejava ser médica, acabou em uma situação financeira pouco agradável, em parte graças à acomodação do marido, além de ter passado pelas dificuldades de uma gravidez não planejada. Muitos fatores contribuíram para a destruição do relacionamento, mas a angústia fica em saber que nada disso conseguiu destruir as marcas do amor. Mais difícil do que o fim de um relacionamento é ver uma família desmoronar, e isso ocorre quando a única coisa que une o casal é a filhinha deles.

Enquanto Cindy está completamente saturada, Dean permanece apaixonado, tentando a todo custo salvar seu casamento. Em uma tentativa, ele convida a mulher para ir passar um dia em um motel, visando reacender o romance. Regado a bebida e discussões, o dia dá completamente errado. A antiga paixão dá vazão a repulsa e Cindy é incrivelmente interpretada por Michelle Williams, indicada ao Oscar pelo papel. Durante todo o filme ficamos nos questionando o que aconteceu com toda aquela paixão do inicio do namoro.  

Namorados Para Sempre deixa a sensação de aperto no coração, ao contrário do que sugere a péssima tradução do título, e pode ser perigoso para quem vai ao cinema esperando mais uma comédia romântica clichê. O roteiro, apesar de não trazer grandes mensagens, é excelente e foi extremamente enriquecido pela ótima atuação do casal principal. A fotografia e trilha sonora acompanham o clima de melancolia do longa, sem deixar nada a desejar. 



Namorados Para Sempre (Blue Valentine) – 112 min
EUA – 2010
Direção: Derek Cianfrance
Roteiro: Derek Cianfrance, Cami Delavigne, Joey Curtis
Elenco: Ryan Gosling, Michelle Williams, Faith Wladyka, John Doman, Mike Vogel

Estreia: 10 de junho.

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter

Postar um comentário

  1. Assisti e não gostei do filme. Quando saí do cinema parecia que eu não havia assistido nada. Eu vi na tela aquilo que eu vejo todo dia acontecer com amigos, parentes e até mesmo meus pais - o desgaste de um relacionamento. Acredito que essa tenha sido a proposta do filme e foi até bom para refletir um pouco sobre meu proprio relacionamento, mas sinceramente achei beeem água com açucar

    ResponderExcluir
  2. Achei bom. Que atuação excelente do ator John Doman. Quero assistir, também, a nova série, Borgia, em que ele é o ator principal e que irá mostrar o quão longe pode chegar a ambição e a crueldade de Rodrigo Borgia em seu caminho para o poder no Vaticano. Adorei o contexto, os atores, tudo dessa série.

    ResponderExcluir

 
Top