3


No mundo do crime organizado, mecânico não conserta nada, seu trabalho é matar do modo mais limpo possível. Em Assassino a Preço Fixo (The Mechanic), remake de uma produção de mesmo nome lançada em 1972, com Charles Bronson no papel principal, Jason Statham, especialista em produções desse tipo, como Carga Explosiva 1, 2 e 3, Uma Saída de Mestre, Adrenalina, entre outras, parece estar à vontade na pele de Arthur Bishop, um matador de aluguel extremamente eficiente.  

Depois de realizar um serviço na Colômbia, Bishop encontra-se com Harry (Donald Sutherland), seu contratante e mentor, que lhe fala sobre seu filho, Steve (Ben Foster). Ironia do destino, sua próxima missão é matar Harry, acusado de traição. Bishop executa o trabalho e no funeral de Harry conhece Steve, que deseja vingar a morte do pai e lhe pede para lhe ensinar tudo o que sabe.  

Bishop o aceita como aprendiz e o inclui na sua próxima missão: matar outro mecânico. Sinal dos tempos: Burke (Jeff Chase), o matador que Steve deverá assassinar, é homossexual, com apenas duas fraquezas: cachorros pequenos e homens jovens (não necessariamente nessa ordem). Depois de adotar um simpático chihuahua, Steve passar a frequentar um café por duas semanas, até ser convidado por Burke a tomar um drinque. Steve acaba indo à casa de Burke e o mata após uma sangrenta luta. Ele cumpre a missão, mas não do modo como Bishop recomendara, sem sujeira.

Ainda assim, passam a trabalhar em dupla e partem para nova empreitada: eliminar um líder religioso charlatão, Andrew Vaughn (John McConnell). O plano de injetar-lhe uma dose de adrenalina para parecer que ele teve um ataque no coração não dá certo, porque o pastor é viciado em quetamina, uma substância que anula os efeitos da adrenalina. Eles enforcam Vaughn, mas são descobertos e partem para o tudo ou nada com muito tiroteio e correria no topo de um arranha-céu.

Por acaso, Bishop descobre que o verdadeiro traidor era seu patrão, Dean (Tony Goldwyn), e não Harry, e decide matá-lo. Após sobreviverem a uma emboscada, Bishop e Steve vão atrás de Dean e o matam. Fim da jornada, Steve começa a questionar Bishop sobre seus sentimentos ao executar alguém. Bishop percebe que Steve sabe de seu envolvimento na morte de Harry e se prepara para o pior.

Moral da história: não dá para confiar em matador de aluguel; mesmo os mais experientes e eficientes podem provar de seu próprio veneno. E aparentemente não existe filme americano de ação sem um valentão duro de matar, com uma ótima mira, perseguido por um bando de péssimos atiradores. Para não dizer que não há novidades, foi incluído um assassino gay e o machão principal ouve música clássica enquanto bola seus planos. Vai encarar?  

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Estreia: 18 de março.

Assassino a Preço Fixo (The Mechanic) - 93 min
EUA - 2011
Direção: Simon West
Roteiro: Richard Wenk, Lewis John Carlino
Com: Jason Statham, Ben Foster, Tony Goldwyn, Donald Sutherland, Jeff Chase, John McConnell


O Cinema está na Rede e também no Twitter

Postar um comentário

  1. Esse filme é um Jason Statham a moda Jason Statham! Quem conhece a filmografia do ator já sabe o que esperar qdo sentar para assistir Assassino a Preço Fixo. É pancaria, perseguições, explosões, mortes, facadas, tiroteiros, traições e mentiras de montão! Pura diversão. Destaque para a cena em que o aprendiz de assassino Steve mata o homossexual gigante Burke numa luta de tirar o fôlego.

    ResponderExcluir
  2. Gostei do filme, aliás, gosto de Statham

    ResponderExcluir
  3. Bom filme para quem conhece o Statham ja sabe oq esperar de seus filmes.
    O cara sempre e fodão e pronto. Muitas pessoas iram dizer que falto açao isso e aquilo porem o estilo do personagem dele nesse filme e isso msm matar sem ninguem notar entao prestem atenção no filme alem de agil o cara e inteligente pra caramba

    GOSTEI DO FILME RECOMENDO

    ResponderExcluir

 
Top