Publicidade

Transcendence

Crítica - Animais Unidos Jamais Serão Vencidos

5 de março de 2011



A animação Animais Unidos Jamais Serão Vencidos conta a história de uma turma de animais que se desloca de diversas partes do mundo para fugir da devastação de seu habitat natural. Um galo francês, um canguru australiano, um diabo da Tasmânia, uma fêmea de urso polar e um casal muito simpático de tartarugas idosas de Galápagos vão para a savana africana em busca de alimento, água e conforto para sobreviverem. Mas, em vez disso, deparam-se com uma situação caótica, na qual os animais que vivem na savana estão sem água, pois um resort construiu uma enorme barragem para abastecer suas acomodações, impedindo assim que a água chegue ao habitat dos animais.

Além disso, o pouco de água que restou é monopolizada pelas manadas de búfalos e rinocerontes, impedindo que animais menores, como uma família de suricatos, matem a sede. O chefe dessa família de suricatos é o divertido e atrapalhado Billy, que, para provar para seu filho que é corajoso, e despertar seu orgulho, decide partir em busca de água juntamente com seu melhor amigo, o pacato leão Sócrates. Ambos contam com o apoio da afetada girafa Giselle e da elefanta Angie.

Ironicamente, o resort de luxo que construiu a barragem promove uma conferência com políticos de todo o mundo, para a preservação da natureza. Nesse resort há um macaco criado no Zoológico, completamente controlado pelos humanos, que, inicialmente, não possui nenhuma familiaridade com a natureza. Revoltados com a situação, todos os animais, grandes e pequenos, decidem lutar contra o resort e promover sua própria conferência, na qual a voz dos animais finalmente será ouvida.



Com uma animação belíssima, o filme reproduz fielmente várias paisagens, como as da savana africana e do Ártico. Entre elas, há uma cena incrível, na qual a ursa polar pula de bloco de gelo em bloco de gelo, desesperada, procurando abrigo. A cena parece extremamente real, como se estivéssemos assistindo a algum programa no Discovery Channel. A trilha sonora também chama atenção, trazendo músicas como Splish Splash em novas versões.

O enredo traz o fato da ação do homem estar arruinando a natureza e fazendo com que os animais sejam imensamente prejudicados. A crueldade do homem, e a impossibilidade de enxergar-se como parte da natureza, causam o sofrimento dos personagens. A força da família e a união de todos, inclusive inimigos, em momentos difíceis, é mostrada com carisma. Infelizmente, o filme continua com esse aspecto de lição de moral do início ao fim, tendo poucos momentos engraçados e cativantes. A animação torna-se quase direcionada apenas para adultos, já que faltaram os momentos que mais chamam a atenção das crianças. Estreia: 18 de março.

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Animais Unidos Jamais Serão Vencidos (Konferenz der Tiere) – 93 min
Alemanha – 2010
Direção: Reinhard Klooss, Holger Tappe
Roteiro: Oliver Huzly, Reinhard Klooss, Klaus Richter, Sven Severin – Baseado no livro de Erich Kästner
Dublagem (versão em inglês): Billy Beach, Jim Broadbent, James Corden, Nico Mamone, Marc Diraison, Omid Djalili, Dawn French, Stephen Fry, Vanessa Redgrave, Andy Serkis


O Cinema está na Rede e também no Twitter

1 comentários:

victor hugo disse...

desgraça de filme ruim do karaioooooooo!!!!!!!!!!

Postar um comentário

 
Cinema na Rede | by TNB ©2010 | O conteúdo deste site está protegido sob licença Creative Commons | Marketing Digital: Fizzy