1
Depois de receber três prêmios (Melhor Direção, Ator e Atriz) no Festival de Paulínia em 2010, Malu de Bicicleta estreia nos cinemas se mostrando uma comédia leve e inteligente sobre amor e ciúme. O filme é uma adaptação do livro homônimo, lançado em 2004 e escrito por Marcelo Rubens Paiva, que também assina a versão final do roteiro, com colaborações de Bruno Mazzeo e João Avelino. Por também ter escrito o roteiro, percebemos a linguagem peculiar da narrativa de Rubens Paiva, o que dá densidade ao enredo.

O novo filme de Flávio R. Tambellini conta a história de Luiz Mario (Marcelo Serrado), um empresário da noite paulista, mulherengo e solteiro convicto, que, apesar de se relacionar com inúmeras mulheres, não se envolve com nenhuma delas. Após ser quase esfaqueado por uma mulher que não aceita o abandono, ele decide passar alguns dias no Rio de Janeiro, onde é acidentalmente atropelado por Malu (Fernanda de Freitas), na orla carioca.

A partir daí, acompanhamos as mudanças ocorridas na vida de Luiz, que encontra o amor da sua vida e, aos poucos, se transforma em um ciumento paranóico. Podemos encontrar diversos pontos em comum com o famoso romance Dom Casmurro, de Machado de Assis, já que o ciúme doentio de Luiz vai destruindo seu relacionamento aos poucos. Vale ressaltar também a participação da Marjorie Estiano no papel da amiga de Malu, que tem papel fundamental no desfecho da história.

O diretor não ousa nos enquadramentos e movimentos de câmera, mas apresenta uma história simples e bem contada. Os personagens são seu foco central e o casal protagonista dá conta do recado. Além do excelente elenco coadjuvante, que conta, entre outros, com Marcos Cesana, que morreu aos 44 anos em maio de 2010. Não espere soltar gargalhadas com o filme, pois as piadas são muito mornas e leves, mas a imersão psicológica feita no personagem vivido por Marcelo Serrado vale a nossa atenção. Estreia: 04 de fevereiro.

Malu de Bicicleta – 90 min
Brasil – 2010
Direção: Flávio R. Tambellini
Roteiro: Marcelo Rubens Paiva
Com: Marcelo Serrado, Fernanda de Freitas, Marjorie Estiano, Otávio Martins, Daniela Galli, Maria Manoella, Thelmo Fernandes, Dani Suzuki, Marcos Cesana





Em cartaz no Festival do Rio 2011

Compartilhe este conteúdo |

O Cinema está na Rede e também no Twitter

Postar um comentário

 
Top