0


As estruturas familiares estão passando por profundas transformações. Com isso surgem novos filmes com ótimos argumentos, como o divertido Minhas Mães e Meu Pai, que aborda o casamento gay feminino e a relação com os dois filhos gerados a partir de inseminação artificial. O Ciúme Mora ao Lado acompanha as desventuras do casal formado pela consultora de negócios Tuula e o terapeuta familiar Juhani. Após anos de casamento, resolvem se separar e, por questões financeiras, morar na mesma casa. Situação vivida por mais casais do que supõe nossa vã filosofia.

Para a boa convivência do casal, regras são estabelecidas, como por exemplo: “Não trazer novos amigos para dentro de casa”. E a diversão começa justamente quando essas regras vão por água abaixo. Entram em cena para completar a narrativa: amantes, prostitutas, amigos sem noção, vizinhos enxeridos e a polícia. Tudo isso em uma comédia de erros no melhor estilo Shakespeariano. Em alguns momentos o filme sobe demais o tom da comédia, exagerando em estereótipos, mas o que poderia ficar ridículo se torna ótimo graças ao excelente elenco

Baseado no romance de Petri Karra, O Ciúme Mora ao Lado foi indicado a 3 prêmios no Jussi Awards 2010 (o ‘Oscar’ finlandês), nas categorias Melhor Ator, Atriz e Montagem e foi exibido no Festival do Rio 2010. Entre as obras anteriores do diretor Mika Kaurismäki estão Absolutamente Los Angeles (1998), Tigrero (1994) e Brasileirinho (2005). Esta é uma comédia adulta, que certamente agradará ao público com mais de 30, que já vivenciou as agruras de um grande amor. Recomendo para quem procura boas risadas. Estreia: 10 de dezembro.

O Ciúme Mora ao Lado (Haarautuvan Rakkauden Talo) - 102 min
Finlândia - 2009
Direção: Mika Kaurismäki
Roteiro: Mika Kaurismäki, Sami Keski-Vähälä - Baseado no romance de Petri Karra
Elenco: Hannu-Pekka Björkman, Elina Knihtilä, Antti Reini, Tommi Eronen, Anna Easteden


Postar um comentário

 
Top