0


Apesar das falhas de roteiro e montagem, que deixam importantes perguntas sem respostas, A Lenda dos Guardiões é uma ótima animação em 3D. Mas o melhor da projeção é o curta exibido antes da luta entre dois clãs de corujas guerreiras. Quem não se lembra do "bip-bip" do Papa-Léguas, caçado sempre inutilmente pelo faminto Coiote? Pois é. Quem for ver Legend of the Guardians (no original) não deve chegar atrasado, para não perder o Papa-Léguas em 3D. É sensacional.

A Lenda dos Guardiões narra a história de uma batalha entre o bem e o mal. Nada de muito diferente, não é? Com exceção de que esta luta é travada entre corujas. Em certos momentos, o longa parece uma alegoria da Segunda Guerra Mundial, com corujas retratando os nazistas e os aliados. As cenas de ação são muito boas. Destaco o uso de tomadas lentas, que valorizam o visual bem trabalhado dos personagens, seus voos e movimentos.

Quando duas corujinhas filhotes são sequestradas pelo Exército dos Puros - clã que se autointitula a única raça pura e forte entre as corujas, usando este artifício para subjugar e escravizar as raças consideradas inferiores -, uma delas, a mais corajosa, reúne um pequeno e divertido grupo para fugir e alertar o lendário Exército dos Guardiões de Ga'Hoole, já que Os Puros querem ampliar seus domínios e conquistar o mundo das corujas, com uma espécie de kryptonita das super corujas. O longa marca a estreia em animações de Zack Snyder, diretor de 300 (2006) e Watchmen (2009). Estreia: 8 de outubro.

A Lenda dos Guardiões (Legend of the Guardians) - 90 min
EUA, Austrália - 2010
Direção: Zack Snyder
Roteiro: John Orloff, Emil Stern
Dublagem Original: Emily Barclay, Abbie Cornish, Essie Davis, Ryan Kwanten, Helen Mirren, Sam Neill, Geoffrey Rush, Hugo Weaving




Por: Mattheus Rocha

Postar um comentário

 
Top