2


Esta Edição Especial de Avatar tem oito minutos de cenas inéditas. Mas o filme é o mesmo. Ao terminar a projeção, a sensação é de que não se trata do lançamento de uma versão estendida, mas sim de um relançamento do mesmo filme. As cenas adicionais não acrescentam nada à trama, mas com certeza vão acrescentar algo ($) a James Cameron e aos demais produtores do filme.

Me decepcionei bastante quando vi Avatar pela primeira vez. Com exceção do belíssimo espetáculo visual em 3D, me deparei com uma obra que privilegia a forma e se esquece um pouco de trabalhar melhor o conteúdo. Apesar da bela mensagem sobre o contato e a junção com a natureza, os conflitos  do roteiro esbarram a todo momento em clichês mais do que batidos.

Recomendo somente a quem não viu o filme nos cinemas, ou deixou de ver em 3D. Clique aqui para ler a crítica de Avatar. Estreia: 15 de outubro.




Por: Mattheus Rocha

Postar um comentário

  1. concordo plenamente com vc, o roteiro do filme é um lixo, só focaram no visual, que mesmo sendo revolucionador para mim não adianta nada...haverá que discorde de mim, mas é só lembrar dos clássicos antigos, que não possuiam tamanha tecnologia gráfica e são considerados verdadeiras obras de arte...e quanto à nova versão, na minha opinião é uma safadeza deles, querendo lucrar mais ainda em cima dos bobos que vão pagar uma sala 3d para assistir o mesmo filme ruim e mais extenso...

    ResponderExcluir
  2. Não acho uma "safadeza" deles, afinal ninguém é obrigado a ir ver o filme. Se não quiser ir, fique em casa, ora.

    ResponderExcluir

 
Top